Ibaretama recebe oficina de combate à miséria

O Movimento Por uma Ibaretama com Ética e Sem Miséria criado em 2011, pelos munícipes, Lideranças Sindicais e Políticas além das entidades da Sociedade Civil, tem realizado diversos Seminários cujos objetivos acumulam o debate das problemáticas vivenciadas historicamente pela população em seus vários segmentos buscando-se de forma articulada, respostas às demandas do Município.


No próximo sábado (26/05), a partir das 9h, no Salão Paroquial na Sede de Ibaretama será realizada a Oficina “Construção do Plano de Ação Articulada de Combate à Estiagem em Ibaretama”.


Conforme Vaumik Ribeiro, um dos coordenadores do Movimento de Ibaretama, serão discutidas ” temáticas de suma importância para a população de Ibaretama. Por isso, convidamos Associações de Moradores/as e de Agricultores, Sindicatos de Trabalhadores/as Rurais e de Servidores/as Municipais além de igrejas católicas da sede e dos distritos, igrejas evangélicas e de entidades em geral para juntos/as encontrarmos saídas para esse problema da Estiagem. O Povo de Ibaretama não pode esperar mais,  por isso, precisamos agir agora”.  


Também estarão presentes à Oficina Prudente Filho, Gerente dos Programas Sociais da Caixa Econômica Federal; Haroldo Pontes, Secretário Adjunto da Secretaria de Saúde do Estado do Ceará; Francisco Sombra, Delegado Federal do Ministério de Desenvolvimento Agrário, de assessores/as da Secretaria de Desenvolvimento Agrário do Estado do Ceará, bem como da Secretaria de Cultura do Estado do Ceará.


Graça Costa, presidente da CONFETAM, que é do distrito de Pirangi, afirma que “as ações do Governo Federal e do Governo do Estado no combate à Estiagem em Ibaretama tem sido pautados em vários Seminários e em Audiências. O Movimento está muito atento ao que se passa em Ibaretama nesses tempos difíceis. Agora, nessa oficina, é chegada a hora de delinearmos ações objetivas, com metas de concretização e imprimir nisso um ritmo urgentíssimo,” finaliza a Sindicalista.

Fonte: Ibaretama com Ética

Assessoria de Comunicação – FETAMCE


Fonte: Fetamce

DEIXE UM COMENTÁRIO