Audiência pública debate plantões abusivos impostos a servidores da saúde de Caucaia

A Câmara Municipal de Caucaia realizou audiência pública na manhã desta segunda-feira (18/06) para tratar do regime de plantões dos trabalhadores da Secretaria de Saúde do município. A atividade foi pleiteada pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais da cidade (Sindsep).

Na oportunidade, marcaram presença os vereadoresNeto do Planalto, Jorge Luís,Ricardo Cordeiro, Enéas Goes e Goi. A audiência foi presidida pelo vereador Weiber Tapeba.

A presidente do Sindsep, Maria Santos, colocou a posição contraria do sindicato ao parecer da prefeitura, que quer ampliar os plantões para até 15 por mês. Os funcionários defendem o limite de até 10 plantões.

Já a presidenta da Fetamce, Enedina Soares, também diretora do sindicato de Caucaia, falou da luta por uma jornada de trabalho de 30 horas, não compatível com a proposta de jornada extenuante encaminhada pela gestão da cidade. Enedina falou ainda da demanda pelo pagamento da insalubridade para todos os trabalhadores que atuam em locais insalubres, assim como também as reivindicações por produtividade, progressão e gratificação por resultados alcançados (GRA).

Além de sindicalistas, a organização laboral foi acompanhada por servidores da saúde, e pelos advogados Antonio José Gomes, assessor jurídico da Fetamce, e Terezinha Muniz.

DEIXE UM COMENTÁRIO