Servidores Públicos Municipais de Milhã protestam por aumento salarial

“Não dá pra suportar

É muita humilhação

Cadê o nosso aumento

Não tem explicação

Os funcionários públicos

Querem uma solução

Onde está o dinheiro

Que vem pra educação?”


A paródia está sendo cantada pelos servidores do município de Milhã (Sertão Central), que enfrentam dificuldades de negociação do reajuste da Campanha salarial de 2010. No último dia 26/06, a categoria realizou uma manifestação na Câmara Municipal aproveitando a presença do Prefeito e da secretária de Administração no local.


“O aumento salarial deve ser para todos os servidores públicos, não apenas da educação”, destaca o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Piquet Carneiro, Catarina, Deputado Irapuan Pinheiro e Milha, Djan Carlos.


Segundo ele, foi realizada uma reunião no último dia 23 de junho com representantes da administração pública. No entanto, a proposta oferecida não previa qualquer aumento salarial para os servidores, somente um abono de 20% para os profissionais da Educação a ser pago em janeiro de 2011. A comissão do sindicato não aceitou a proposta.


No dia seguinte (24/06), a categoria estava reunida em Assembléia quando foi comunicada pela Câmara Municipal sobre projeto de lei concedendo abono de 25% aos profissionais do Magistério referente aos meses de junho a dezembro de 2010 para ser pago em janeiro de 2011. Os profissionais denunciam que a proposta viola o Plano de Carreiras do Magistério que prevê aumento em abril retroativo a janeiro. Em votação, a categoria não aceitou novamente a proposta.


Djan explica que está aguardando contato da administração municipal para retomar as negociações. “O prefeito esteve numa rádio garantindo que iria retomar esse contato, mas até o momento, nada”, informa. 


Fonte: Fetamce

DEIXE UM COMENTÁRIO