Servidores de Alcantaras garantem na justiça direito de liberação de dirigentes sindicais


O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Alcantaras, (SINDICAN) garantiu na justiça o direito de liberação dos dirigentes da entidade, após portaria municipal que havia revogado a licença para mandato sindical de Charlys Menezes e Francisco Barbosa da Silva, respectivamente presidente  e vice-presidente.


O questionamento da Prefeitura, feito aos únicos servidores liberados para ficar à disposição da entidade, aconteceu em maio deste ano. Porém, o Sindicato conquistou na justiça, através de mandado de segurança, perpetrado pelo Juiz da comarca de Alcântaras, o retorno da liberação dos dirigentes, bem como o pagamento dos salários dos mesmos retroativos a maio de 2012, que haviam sido bloqueados.


Porém, o prefeito de Alcantaras, Eliésio Fonteles, se recusa a acatar a decisão judicial, informando ainda a sua decisão ao Juiz.


Nesse momento, a entidade sindical questiona a justiça para que faça cumprir a decisão da côrte e regularize a situação dos militantes do movimento sindical.

Em tempo: Em 2011, Eliésio Fonteles foi afastado da prefeitura pela Câmara Municipal acusado de contratação de empresa fantasma para realização de eventos na cidade. Por força de ordem judicial, o prefeito Eliésio Fonteles reassumiu à Prefeitura de Alcântaras em dezembro de 2011. O prefeito responde no cargo a denuncia feita por moradores do município. Uma comissão processante formada por três vereadores investiga o caso.

Assessoria de Comunicação – FETAMCE

comunicacao@fetamcetmp.org.br


Fonte: Fetamce

DEIXE UM COMENTÁRIO