Lideranças sindicais foram reunidas pela FETAMCE no Seminário Regional do Cariri

No último dia 29/11, a FETAMCE realizou o Seminário Regional do Cariri, com objetivo de garantir a formação das lideranças locais, uma demanda antiga, que os Sindicatos da região reivindicavam muito, pois geralmente os encontros aconteciam em Fortaleza e isso dificultava a participação do pessoal do Cariri.


A FETAMCE tirou como deliberação de Congresso, aprovadas nas suas resoluções, a criação dessas Regionais. Então, o primeiro objetivo desse Seminário foi fazer a formação e a criação da Regional do Cariri. Essa é a primeira regional, criada dentro da estrutura da FETAMCE para descentralizar suas ações junto às entidades e permitir que o trabalho aconteça mais diretamente com a base.


Cerca de 10 Sindicatos participaram desse Seminário Regional do Cariri, com cerca de 50 pessoas, geralmente participando o presidente, a secretaria geral e a tesouraria. Esse Seminário ofertou duas oficinas para formação dessas pastas, onde há maior demanda pela organização dos Sindicatos, como confecção de atas, ofícios, organização de arquivos etc, onde há maior demanda.


No encontro houve uma oficina da pasta da Secretaria Geral que deu essas orientações e outro da pasta da Secretaria de Finanças, que orientou como fazer a organização contábil, a prestação de contas etc, para evitar que as entidades tenham problemas mais na frente.


A FETAMCE estará criando nesta quarta-feira, dia 1º de dezembro, a Regional da Região Metropolitana, em solenidade na CUT Ceará, a partir das 8 horas. Na oportunidade, também haverá oficinas de formação. Na segunda-feira, dia 6 de dezembro, a FETAMCE estará criando a Regional do Maciço de Baturité, que é outra região que tem muitas demandas.


A idéia é organizar o calendário e ir criando as regionais, cumprindo as determinações do último Congresso, descentralizando o trabalho e propiciando maior acesso aos municípios, fortalecendo e melhorando a organização para que os Sindicatos possam lutar com mais eficiência.


Fonte: Fetamce

DEIXE UM COMENTÁRIO