Desigualdade – Negros ganham até 47% menos que brancos no Brasil, segundo pesquisa


Pesquisa da Salário BR apontou que profissionais negros recebem salário até 47,5% menos que brancos, em cargos de gestão, no Brasil. Considerando as outras ocupações, a média salarial dos negros é 35% inferior, segundo o estudo.


A discriminação não se apresenta somente no pagamento, mas também nos números de empregados em cargos superiores. Entre os trabalhadores brancos, quase 16% estão em ocupações de gestão ou especialidade, enquanto apenas 8% dos negros alcançaram esse patamar.


O estudo divulgou também a média salarial, por ocupação. Brancos que são gestores recebem em média R$4.111 por mês, enquanto o pagamento aos negros não ultrapassam os R$3.000 (R$2.787), em média.


Em trabalhos considerados especializados, os brancos recebem R$ 3.267 e os negros, R$ 2.560, uma variação de 27,6%.


A desigualdade persiste em outros cargos


Em funções de apoio, nas quais trabalham 57,6% dos brancos e 61,1% dos negros, os brancos arrecadam salário até 15% superior.


Nos cargos de operação, com menor média salarial entre brancos e negros (em volta de R$1.600), brancos ainda ganham 2% a mais.


O estudo da Salário BR não considerou pardos, amarelos e indígenas.


Fonte: Fetamce

DEIXE UM COMENTÁRIO