Sindicato entra com mandado de segurança contra Prefeitura de Orós por atraso de salários


O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Orós deu entrada com um mandado de segurança na justiça, na última sexta-feira (25/7), contra a Prefeitura Municipal, tendo em vista que o salário dos servidores, que deveria ter sido pago até o quinto dia útil do mês de julho, referente ainda ao mês anterior, encontra-se em atraso.


O sindicato notificou também o Ministério Público e o mesmo manifestou-se preocupado e que iria tomar as medidas cabíveis. “Estamos fazendo tudo conforme a Lei para que, se for o caso, os servidores decidirem por paralisação e temos todos os direitos garantidos assim como ocorreu em outubro/2013”, explicou a entidade em nota.


A situação é preocupante, haja vista que o atraso dos salários não permitiu que os servidores honrassem dívidas com credores. Muitos, inclusive, estariam passando por necessidades, segundo o sindicato, pois começa a faltar na casa dos trabalhadores alimentos, além de serem ameaçados por cortes nos serviços de água, energia, e de saúde.


Fonte: Fetamce

DEIXE UM COMENTÁRIO