Professores paralisam atividades em Baturité


Pela quarta vez em uma semana, os professores de Baturité paralisaram as atividades letivas das escolas do Município. Na manhã desta sexta-feira (7), cerca de 200 servidores e pais de alunos realizaram uma caminhada pelas ruas do Centro, em defesa de maior reajuste salarial e o cumprimento do Plano de Cargos e Carreiras da categoria. Neste sábado (8), a partir das 10h, o prefeito vai receber uma comissão para discutir as pautas de negociação.


A caminhada teve como ponto de partida a praça Valdemar Falcão; passou pelas ruas do Centro e terminou próximo à Prefeitura. Vestidos de luto, em alusão à falta de interesse de negociação por parte do Executivo, os professores receberam o apoio da comunidade à luta da categoria, com os pais de alunos juntando-se à caminhada.


Para a presidente do Sindicato dos Professores de Baturité, Lucilene Sales, a mobilização deu frutos positivos. “Recebemos o sinal da administração para negociar amanhã”, disse. Caso não sejam alcançados avanços, ele continua, os professores estão preparados para deflagrar a greve.


Walter Alves Saraiva, vice-presidente da Federação dos Trabalhadores no Serviço Público do Estado do Ceará (Fetamce), observa a importância da união da categoria na luta pelos direitos dos servidores. “Essas mobilizações representam a união de todas as categorias dos servidores públicos em prol do fortalecimento da luta do servidor, em defesa da qualidade do ensino público e da valorização dos profissionais”, considera.


Reivindicações


Em Baturité, a administração municipal ofereceu reajuste de 8% sobre o salário dos professores com Ensino Médio, e 4% sobre o salário para aqueles com nível superior. A categoria defende o cumprimento do piso integral para todos os níveis de escolaridade; o cumprimento do Plano de Cargos e Carreiras; a valorização dos profissionais e o rateio das sobras do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).


Fonte: Fetamce

DEIXE UM COMENTÁRIO