Seminário na CUT Ceará debate os desafios do povo negro brasileiro


A Central Única dos Trabalhadores no Ceará (CUT Ceará), em parceria com a Federação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal do Estado do Ceará (Fetamce), realiza na próxima quinta-feira (19/11), a partir das 9 horas, o Seminário Estadual “Negro: Ontem, Hoje e Sempre – Pelo combate ao racismo e por uma sociedade livre”.


O evento faz alusão ao Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra (20 de novembro) e tem o objetivo de mostrar a história do povo negro brasileiro e sua resistência, passando por todas as desigualdades impostas a esta população nos últimos quatro séculos.


“Queremos ainda apresentar os efeitos dessa história de subjugação na educação, na saúde, no trabalho e outros aspectos da vida do povo negro brasileiro, vítima do extermínio das armas e da falta de políticas públicas. Mostraremos também alguns avanços conquistados pelas políticas públicas de 2003 para cá e, por fim, trataremos dos desafios para o povo negro, como as demandas a serem cumpridas para consigamos superar as desigualdades impostas a essa população”, explica Gardênia Baima, secretária de combate ao racismo da Central.


Ainda de acordo com Gardênia é preciso enfrentar uma realidade que impõe, por exemplo, uma desigualdade entre o rendimento alcançado pelos homens brancos e pelas mulheres negras, que em 2014 era igual a 138,3%, enquanto as mulheres brancas tinham rendimentos 26,2% mais elevados do que os homens negros. “Vamos debater o que é necessário para a tal ‘segunda abolição’, que exigia o sociólogo Florestan Fernandes”, explica a dirigente da CUT.


Convidados


Foram convidados para facilitar o debate proposta o ativista do movimento negro e ex-secretário de igualdade racial de Fortaleza, Luiz Bernardo Lamparina; a professora da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-brasileira – UNILAB, Geranilde Costa e Silva; e a doutora em Educação Brasileira e pesquisadora negra, Silvia Maria Vieira dos Santos.


O Seminário acontece no Auditório da CUT Ceará (Rua Sólon Pinheiro, 915 – José Bonifácio, Fortaleza – CE) e pretende reunir cerca de 100 trabalhadores de várias categorias organizados nas entidades sindicais filiadas à Central.


Serviço:


Seminário Estadual


NEGRO: ONTEM, HOJE E SEMPRE!


19 de novembro de 2015, de 9 às 12 horas, na sede da CUT Ceará


(Rua Sólon Pinheiro, 915 – José Bonifácio, Fortaleza – CE)


Fonte: Fetamce

DEIXE UM COMENTÁRIO