Ministro do STF, Luís Roberto Barroso, determina abertura da CPI da Covid.

Ontem, quinta-feira (8), o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso determinou que o Senado instale uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar eventuais omissões do governo federal no enfrentamento da pandemia de Covid 19.

Senadores que querem apurar algumas ações e omissões do (des)governo Bolsonaro, pediram a criação da CPI, que foi protocolado em janeiro, mas ainda não tinha sido instalada.

A notícia não foi recebida com muita simpatia por parte do presidente da república, que acusa Barroso de fazer uma “jogadinha casada” com a bancada de esquerda do senado na intenção de “desgastar o governo”.  Além disso, declarou que a decisão do ministro é “politicalha”.

A criação da CPI da Covid deixa Jair Bolsonaro visivelmente preocupado, porque, com ela, a comissão poderá convocar autoridades para prestar depoimentos, quebrar sigilo telefônico e bancário dos investigados, indiciar culpados e encaminhar pedido de inquérito para o Ministério Público.

O Brasil vem registrando números assustadores diariamente, só ontem foram 4.190 óbitos por Covid 19 em 24h, de acordo com dados reunidos pelo consórcio de veículos de imprensa.

Agora vamos aguardar a leitura do requerimento de abertura da CPI, que está prevista para a próxima semana, e confiar na seriedade dos senadores que irão compor essa comissão.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO