Crato: Servidores aproveitam transição para negociar salários


Os servidores municipais do Crato estarão reunidos no próximo sábado, 10, quando irão discutir as principais propostas que apresentarão à prefeitura para a campanha salarial 2012/2013.


Segundo o presidente da entidade, professor Júnior Matos, dois pontos principais devem fazer parte das reivindicações. O primeiro diz respeito a revisão do Plano de Cargos e Carreira da categoria, não apenas do magistério, mas de todos os servidores. Outro ponto diz respeito à data-base das categorias e o reajuste. “Nós ainda não concluímos o estudo para sabemos qual o percentual, mas até o final deste mês isso estará decidido, e então, entregaremos nossas reivindicações”, afirmou.

Transição

A campanha salarial dos servidores do Crato se dá exatamente no período em que acontece a transição para a próxima gestão. Sai o prefeito Samuel Araripe (PSDB), que conclui o segundo mandato consecutivo, e entra Ronaldo Gomes de Matos (PMDB), o Ronaldo da Cerâmica, eleito com a maior diferença de votos já observada numa eleição municipal em Crato.


Quanto à questão, Júnior Matos avisa que o sindicato espera discutir com o prefeito eleito. “Da mesma forma que já estamos vendo, o que é correto, o prefeito eleito se reunindo com a Caixa Econômica Federal, empresários, BNB, Urca, é preciso também ele conversar com os servidores”, advertiu o sindicalista.


Júnior Matos disse que o sindicato irá oficialmente enviar uma carta ao prefeito eleito pedindo uma reunião para discutir qual será o tratamento a ser dado aos servidores. Ele se diz otimista coim o fato de se ter dito que a saúde é prioridade, “o que quer dizer que os servidores da saúde também terão mais atenção”.


Júnior Matos disse que o sindicato agora está acompanhando o processo de demissões que está se dando em Crato. “Sabemos que é fruto de um TAC feito como Ministério Público, mas ficaremos sempre ao lado dos servidores e todo abuso ficaremos contra”, adiantou.

Quando


ENTENDA A NOTÍCIA


A posse do novo prefeito de Crato acontece em janeiro próximo e os servidores aproveitam o momento da transição para apresentar uma pauta de reivindicações que inclui a revisão do Plano de Cargos e um reajuste salarial.

Fonte: O Povo

Assessoria de Comunicação – FETAMCE

comunicacao@fetamcetmp.org.br


Fonte: Fetamce

DEIXE UM COMENTÁRIO