Servidores de Iguatu esperam nova proposta e reabertura de negociação com gestor

Foto: Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Iguatu

Reunidos em assembleia geral realizada no fim da tarde desta sexta-feira, 23, no auditório da Câmara Municipal de Iguatu, servidores municipais aprovaram estado de greve. O presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Iguatu, Pablo Neves, esclareceu que a categoria reivindica pagamento de insalubridade; concessão de progressão horizontal e reajuste salarial acima da inflação.

No início desta semana, houve reunião entre representantes do sindicato com o prefeito de Iguatu, Ednaldo Lavor, com o objetivo de serem apresentadas as reivindicações da categoria.

De acordo com Pablo Neves, a proposta apresentada pelo gestor não foi aceita pelo funcionalismo. “Vamos notificar a Prefeitura sobre a decisão da categoria e solicitar a reabertura de novas negociações”, pontuou.

Caso não ocorra novas discussões com o sindicato, no próximo dia 7 de março deverá haver uma paralisação. “Senão houver resposta da gestão, no próximo dia 14 iniciaremos uma paralisação por tempo indeterminado”, anunciou Pablo Neves.

O prefeito Ednaldo Lavor disse que está aberto às negociações, que já vem conversando com a categoria e mostrou as dificuldades financeiras que os municípios brasileiros atravessam.

“Vamos continuar conversando, mostrar as condições financeiras e buscar o entendimento”, pontou o prefeito.

Fonte: Diário do Nordeste

DEIXE UM COMENTÁRIO