Sindicatos do Cariri realizarão paralisação regional cobrando as demandas salariais dos servidores municipais


A presidente da Federação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal do Estado do Ceará (Fetamce) seguiu a agenda de Seminários Regionais de Organização Sindical dos servidores em atividade realizada hoje (8/8) no Crato, junto aos 13 sindicatos de servidores e professores do Cariri. A atividade foi aberta pelo presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais do Crato, Junior Matos, também secretário de assuntos jurídicos da Federação.


Os trabalhadores reunidos debateram o recém-criado piso salarial dos Agentes de Saúde e de Combate a Endemias, desdobrando os encaminhamentos de seminário estadual realizado pela Fetamce no mês passado; o Plano Nacional de Educação (PNE); e a pendência acerca dos repasses do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) e os impactos desta questão nas carreiras vinculadas à educação municipal.


Os sindicatos presentes problematizaram as dificuldades de avançar nas negociações salariais, especialmente na categoria dos professores, pois a maioria das prefeituras da região estão se negando a conceder reajustes de acordo com o que é definido pela Lei do Piso do Magistério. É o caso do Crato, que está em estado de greve pleiteando a valorização salarial do magistério.


Além das críticas à situação do magistério, os sindicatos questionam também a falta de avanços da Prefeitura em relação ao reajuste salarial das demais categorias, como técnicos administrativos e profissionais de saúde.


A mesa de trabalhos do encontro contou com a participação, além de Júnior e de Enedina, do presidente do Sindicato dos Agentes de Trânsito do Cariri, Roni Cruz, e dos advogados sindicais Rayla Leal Luz, José Wilson Fernandes e Romênia.


Organização regional


Entre os destaques do debate feito pelos presidentes e demais representantes das organizações sindicais que compareceram ao evento, está o fortalecimento da articulação regional dos trabalhadores, com vistas a avançar na pressão, organização da Fetamce, além do avanço nas conquistas laborais nos municípios de Altaneira, Araripe, Barbalha, Brejo Santo, Campos Sales, Crato, Farias Brito, Granjeiro, Jardim, Jati, Juazeiro do Norte, Lavras da Mangabeira, Santana do Cariri e Várzea Alegre.


Na oportunidade, os sindicatos marcaram uma paralisação geral na região, marcada para o dia 21 de agosto, às 8 horas, com concentração em frente à TV Verdes Mares Cariri, o chamado “Dia de luta dos servidores municipais da Região do Cariri”, com a seguinte pauta: : Plano de Cargos e Carreira; universalização do Salário Mínimo municipal; Reajuste consolidado do Piso Nacional do Magistério; e Piso Nacional dos Agentes de Saúde e de Combate a Endemias.


Descentralização


Enedina Soares apresentou ainda que uma das demandas deste novo mandato da direção da Fetamce é realizar ações de forma descentralizadas. Dessa forma, a dirigente confirmou que será disponibilizado total apoio ao dia D, já marcado, assim como trazer novas atividades para a região.


Fonte: Fetamce

DEIXE UM COMENTÁRIO