Sobral: servidores realizam passeata e anunciam estado de greve

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Sobral (Sindsems) realizou neste sábado (27) passeata pelo centro de Sobral, em defesa da campanha salarial e por melhores salários e condições de trabalho decente. O evento reuniu centenas de trabalhadores da base da saúde e da segurança municipal, liderados pelas Associações dos Agentes de Endemias (AACE) e dos Guardas Municipais e Agentes de Trânsito (AGMATES), além do SINDSAÚDE regional de Sobral.

 

Segundo o presidente do Sindicato-Sindsems, Célio Brito, “Há condição para assegurar avanços importantes na valorização dos trabalhadores, para impedir que os trabalhadores sofram com os arrochos que restringem as conquistas necessárias para as categorias. No entanto, é necessário construirmos a unidade dos trabalhadores para fortalecer as jornadas de lutas para pressionar o governo municipal para atender as nossas pautas”, destaca.

 

Os trabalhadores reivindicam “Aumento real sem assédio moral”, além de suas demandas específicas. Os Guardas municipais e Agentes de trânsito reivindicam reajuste de salário em 20%; aumento de mais 42 vagas na implantação do PCCS; pagamento de adicional noturno; gratificação de atividade de trânsito; escalas de serviço de 12×36; garantia da regularidade de distribuição dos equipamentos individual de trabalho e concurso público. Já os Agentes de Endemias e Agentes de Saúde desejam reajuste de salário em 20%; aumento da gratificação de insalubridade para 30%; integralidade do pagamento do salário de 13º (décimo terceiro); garantia da regularidade de distribuição dos equipamentos individual de trabalho e tratamento e condições de trabalho decentes.

 
Greve

Com a manifestação os servidores mostraram que preparam um indicativo de greve para a primeira quinzena de fevereiro, caso o governo municipal não apresente propostas concretas para as categorias mobilizadas. Os trabalhadores prometem que permanecerão mobilizados para assegurar avanços importantes nas suas reivindicações.

Fonte: Sindsems

Assessoria de Comunicação – FETAMCE
Siga-nos no Twitter > @FETAMCE


Fonte: Fetamce

DEIXE UM COMENTÁRIO