Sobral: Prefeitura mantém impasse para a implantação do PCC da Guarda Municipal

A negociação entre o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Sobral (Sindsems), que representa os guardas municipais, e a prefeitura de Sobral, ocorrida no dia 17 de janeiro e repetida também no dia dezoito de janeiro, terminou sem acordo. O Sindicato defende a criação de mais 42 vagas para promoção na carreira, já que legislação atual prevê apenas 21, sendo que mesmo essas últimas a prefeitura nega-se a implantar.


Os negociadores da prefeitura, secretario Jorge Trindade e os procuradores Dr. Menescau e Dr. Lourenço, apresentaram uma nova proposta da criação de apenas mais 9 vagas para promoção na carreia e reajuste de salário de 7%, que não contempla a categoria. A proposta foi rejeitada pelo Sindsems na mesa de negociação.


Diante do impasse, os guardas municipais mobilizados realizarão assembléia geral hoje (25/01), às 18hs, na sede do Sindsems. A diretoria informa que existe um sentimento de mobilização entre os guardas.

Mais demandas

Os sindicalistas também reivindicam, além do reajuste em 20%, antecipação da data-base para janeiro, redução da jornada de trabalho de 42h para 40h semanais, pagamento do adicional noturno e gratificação de atividade de trânsito.


Segundo o presidente do Sindsems, Célio Brito, “Estamos no limite das negociações, nossa luta vai se intensificar ainda mais caso a prefeitura mantenha essa intransigência nas rodas de negociação. Os trabalhadores terão que mostrar maturidade e confiança no movimento sindical, para que, num ano específico como este de eleições municipais, possamos avançar nas conquistas com aumentos reais de salário e mais expressivos, além de condições dignas de trabalho”, enfatiza.


“Será um erro estratégico se os trabalhadores negociarem isoladamente e egoisticamente com o poder, pensando no seu próprio bem e pondo em risco o andamento das negociações que atenda os trabalhadores em geral”, afirma o secretario do Sindsems, Erivelton Teixeira.

 
Outras categorias

Os dirigentes do Sindicato apostam, ainda, em três outras grandes assembléias gerais por toda a semana, com os diversos segmentos que compõem os servidores municipais, para avaliação da campanha salarial e definição das jornadas de mobilizações, que iniciarão no sábado (28/01) pela manhã, em uma grande passeata em defesa da valorização dos trabalhadores municipais, que sairá da sede do sindicato e percorrerá o Mercado e a Coluna da Hora, no centro da cidade de Sobral.

Fonte: Sindsems

Assessoria de Comunicação – FETAMCE

Siga-nos no Twitter > @FETAMCE


Fonte: Fetamce

DEIXE UM COMENTÁRIO