Professores de Crateús realizam ato contra a criminalização do movimento sindical


O Sindicato dos Professores de Crateús realizará na manhã da próxima quinta-feira (13/09) ato público contra a criminalização do movimento sindical no município. A entidade está convidando para a atividade professores, servidores municipais, entidades de classe da região, bem como todos os cidadãos e cidadãs crateuenses.


O ato é uma reação ao processo que está sendo movido contra o presidente do Sindicato dos Professores de Crateús, Edilson Martins, pela ex-secretária de educação, atual secretária de gestão administrativa, Aurineide Aguiar, após os movimentos de greve iniciados no primeiro semestre de 2012. A secretária argumenta que houveram agressões morais, porém, o sindicalista justifica que esta é a saída para justificar uma clara campanha de perseguição ao direito de liberdade e autonomia sindical movida pela prefeitura e seus executivos. No mesmo dia, será realizada a primeira audiência do processo.

Programação:

6:30h – Concentração na sede do Sindicato;

7:00h – Caminhada em direção ao Fórum local, onde acontecerá a audiência.

Assessoria de Comunicação – FETAMCE

comunicacao@fetamcetmp.org.br


Fonte: Fetamce

DEIXE UM COMENTÁRIO