Jardim: Sindicato denuncia transferências abusivas de servidores da educação

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Jardim – SINDIJARD publicou nota nesta sexta-feira, 12 de fevereiro, em que repudia as transferências imotivadas de funcionários públicos realizadas pela Secretaria de Educação da cidade. A organização classifica as situações como práticas de assédio, censura e intimidação promovidas por chefias diversas.

Ao denunciar a situação, a entidade laboral pede que cessem os ataques à classe trabalhadora e sejam respeitados os direitos à dignidade e ao trabalho decente no município.

Acompanhe a Nota completa:

NOTA DE REPÚDIO

O Sindicato de Servidores Públicos Municipais de Jardim – SINDIJARD, organização sindical representativa dos servidores públicos deste município, vem por meio deste documento REPUDIAR os atos cometidos pela Secretaria Municipal de Educação de Jardim no que diz respeito às transferências imotivadas de servidores da Educação.

Esta Nota tem como objetivo demonstrar a toda a sociedade Jardinense e do Estado do Ceará o nosso total repúdio à cultura do assédio moral, aos atos de censura, intimidação e constrangimento praticados por agentes políticos e chefias imediatas.

Sabemos da discricionariedade do ato administrativo e do poder de gestão de transferir ou remover servidores dos seus locais de trabalho, porém nos é garantido por meio do princípio da legalidade que este ato que seja MOTIVADO e NECESSÁRIO, de maneira que um ato administrativo que transfira servidor EFETIVO para povoado distante do local onde reside e onde exerce suas atribuições há anos, deve observar o primado da motivação dos atos administrativos, sob pena de caracterizar desvio de finalidade.

Nosso objetivo enquanto instituição representativa da classe é o de defender os direitos das trabalhadoras e trabalhadores, buscando a dignidade no mundo do trabalho e exaltação humana. Norteados pelo diálogo e pelo respeito seguiremos atuantes contra as mazelas e ingerências políticas que oprime, adoece e desqualifica o serviço e servidor público.

O SINDIJARD REPUDIA veementemente estas atitudes antidemocratas, desrespeitosas que ferem princípios constitucionais, bem como se caracterizam como crime de AASÉDIO MORAL.

A EDUCAÇÃO SE FAZ COM RESPEITO AO PROFESSOR!

#NÃOAOASSEDIOMORAL #ASSEDIOMORALECRIME

ASSINAM:

Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Jardim, Federação dos Trabalhadores do Sevriço Público Municipal do Estado do Ceara – FETAMCE, Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Missão velha, Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Guaiuba, Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Trairia, Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Milhã, Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Cascavel, Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Caririaçu, Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Crato, Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Caucaia, Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Eusébio, Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Tarrafas, Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Farias Brito, Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Barreira, Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Jaguaribe, Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de de Quixadá e Região, Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Capistrano, Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Baturité, Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Iguatu, Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Pacujá, Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Nova Olinda, Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Graça, Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Morada Nova, Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Frecheirinha, Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de  Itapipoca, Tururu e Uruburetama, Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de São Luís do Curu, Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Apuiarés, Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de  Jucás, Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Baturité, Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Caucaia, Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Ubajara, Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Acaraú, Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Jijoca de Jericoacoara, Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de São Gonçalo do Amarante, Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de  Mauriti, Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Russas, Sindicato dos Professores de  Coreaú, Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de General Sampaio, Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Tianguá, Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Bela Cruz, Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Barbalha, Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Ereré, Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Iracema, Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Antonina do Norte Saboeiro, Aiuaba e Arneiroz, Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Icó, Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Senador Pompeu, Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Chorozinho, Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Brejo Santo, Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Campos Sales, Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Brejo Santos Tamboril.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO