Em greve, professores do Crato realizam “funeral” da educação do município


Os professores da rede municipal de ensino da cidade do Crato, no Ceará, em greve desde o início do mês passado, organizaram uma manifestação, no sábado (6/9), pra lá de irreverente e inusitada, com o objetivo de chamar a atenção da sociedade para os desafios enfrentados pela categoria. Eles circularam pelas ruas da cidade em um cortejo fúnebre, vestidos de preto e empurrando um caixão coberto com bandeira preta, simbolizando a “morte” da educação no município.


O protesto segue as últimas manifestações realizadas pelos professores e outros servidores da educação que reivindicam melhores salários e melhores condições de trabalho. Segundo o Presidente do Sindicato dos Servidores Municipais do Crato (SINDSMCRATO), Júnior Matos, há intransigência e falta de diálogo por parte de alguns setores da educação do município em sentar-se à mesa de negociações com uma proposta firme, a fim de resolver o impasse e permitir o retorno dos professores às suas atividades. Ainda segundo Júnior, a greve não trará prejuízos aos alunos, pois as aulas serão recuperadas posteriormente.


Fonte: Fetamce

DEIXE UM COMENTÁRIO