Ceará ocupa segundo lugar em criação de cargos comissionados no Brasil


A Pesquisa de Informações Básicas Estaduais (Estadic) 2013, divulgada nesta quinta-feira, 13, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), mostra que pelo menos um cargo comissionado, sem concurso público e, boa parte, por indicação política, é criado, a cada dia, por governadores no Brasil. Nesse ranking, o Estado do Ceará aparece na segunda posição e só perde para o Amapá.


Em 2013, 10.386 pessoas foram contratadas a mais em comparação com 2012, segundo o jornal O Globo. Segundo o IBGE, o crescimento no Amapá foi de 199,9%, passando de 1.752 para 5.254 comissionados. No Ceará, o aumento foi de 115,7%, indo de 750 para 1.618 comissionados. Em terceiro, aparece São Paulo com 90,1%.


Enquanto os funcionários comissionados aumentaram 9,9%,a pesquisa constatou que o total de funcionários públicos empregados nos governos dos Estados diminuiu 0,3%. A redução apresenta uma baixa de 8 324 pessoas, com os seguintes destaques: -17,1% entre os servidores regidos pela Consolidação das Leis do Trabalho – CLT, e em menor intensidade, -1,7%, a categoria dos servidores estatutários. Por outro lado, verificam-se acréscimos dos funcionários sem vínculo permanente(13,6%), estagiários (10,7%) e os somente comissionados (9,9%).


Na administração direta, o maior incremento (45,3%) foi registrado entre o conjunto dos estagiários, que passou a ser constituído por 23 391 pessoas, enquanto os menores acréscimos foram verificados entre os servidores sem vinculo permanente (15,0%) e os somente comissionados (12,3%), apontou o IBGE.

 


Fonte: Fetamce

DEIXE UM COMENTÁRIO