Sindicato de Barreira e Acarape diploma 40 servidoras em formação sobre mulheres

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Barreira e Acarape (Sinsemba) realiza neste sábado (25), a Diplomação do Curso de Mulheres do Sinsemba. A solenidade terá uma programação planejada para saudar a música, a dança e a gastronomia africana, em um momento histórico em que se comemora a Década Afrodescendente no Brasil. A diplomação será certificada pela Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab).

Dividido em 4 módulos, o curso foi ministrado de julho a novembro, totalizando 60 h/a de aulas teóricas e vivências. No mês de outubro, por exemplo, a formação falou sobre a violência doméstica e sobre o golpe de estado que está em curso no Brasil, com palestras em 11 escolas municipais dirigidas às mães dos alunos.

Ao final de cada módulo, também aconteciam os intermódulos, momentos de atividades nas comunidades, sempre com um tema previsto e específico, envolvendo trabalhadoras rurais, donas de casas e outras mulheres que não estavam no curso.

A pluralidade foi outro destaque do curso. Ao todo, foram 40 servidoras formadas, representantes de todos os locais de trabalho e de várias categorias do Serviço Público Municipal.

Programação
Diplomação do Curso de Mulheres do Sinsemba

08h – Ato “Vidas das mulheres importam”, na feira livre, com concentração na esquina da antiga Padaria Monteiro;
09h – Mesa de abertura da solenidade de diplomação;
09h30 – Palavra da Unilab e intercâmbio com África;
10h – Diplomação das cursistas;
10h30 – Demonstração de dança Kizomba;
11h – Palavra do Sinsemba e agradecimentos;
11h20 – Encerramento e almoço africano.

DEIXE UM COMENTÁRIO