Servidores de Várzea Alegre que recebem apenas meio salário mínimo entram em greve


Auxiliares de serviços gerais, merendeiras e alguns vigias da Prefeitura Municipal de Várzea Alegre entraram em greve por tempo indeterminado na manhã da última segunda-feira (15/6).


Segundo Erialdo Abrahão, presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Várzea Alegre, o movimento busca a construção de um acordo entre as categorias que recebem menos de um salário mínimo, na tentativa de que estes passem a receber um salário mínimo integral.


Erialdo informou ainda que aguarda um diálogo com o prefeito, Francisco Vanderlei de Sousa Freire (PSD), para mediar a situação. “Os prefeitos alegam que como as categorias só trabalham 4 horas com jornadas reduzidas, pode assim pagar apenas meio salário para estes servidores, o que nós discordamos em razão da nossa Constituição”, afirmou.


A orientação do sindicato é de que todos os servidores que recebem meio salário façam parte do movimento de greve. Na imagem, passeata dos servidores que percorreu as principais ruas da cidade na manhã de ontem (17/6). Os trabalhadores também prostaram na dada na Câmara Municipal da cidade, fazendo uso da tribuna da Casa.


Fonte: Fetamce

DEIXE UM COMENTÁRIO