Servidores de Icapuí aprovam estado de greve

Em assembleia realizada no dia 18/04, os servidores públicos municipais de Icapuí decidiram por unanimidade entrar em estado de greve, em função da morosidade no processo de negociação da Campanha Salarial de 2018 e dos seguidos atrasos no pagamento dos servidores da educação.

Conforme o sindicato da categoria, houve “pouco ou quase nenhum avanço no processo negociado no ano em curso”. Os representantes classistas reclamam da “falta de sensibilidade da gestão”. Registra-se ainda, conforme o sindicato dos servidores, incompatibilidade entre os dados apresentados pela gestão e os colhidos pela instituição junto aos mecanismos de controle e transparência do governo local.

“Infelizmente, o governo se abstém de seguir por esse caminho de planejar melhor o quadro de pessoal, cortar excessos e corrigir distorções possíveis de serem corrigidas. Todos esses fatos, ao olhar da instituição sindical, são perniciosos e promovem o excesso de gastos com folha de pagamento”, diz a entidade laboral, em nota.

Dessa forma, o estado de greve iniciado pela categoria cumpre o objetivo de pressionais ainda mais a prefeitura de Icapuí para que avance nas discussões da mesa de negociação com os trabalhadores.

DEIXE UM COMENTÁRIO