Pelo retorno das negociações salariais, servidores de Itarema ocupam sede da Prefeitura


Os servidores de Itarema ocuparam no último domingo (18/5) a sede da Prefeitura da cidade, com o objetivo de pressionar o poder público para atender as demandas dos trabalhadores em campanha salarial. As negociações estavam arrastadas e o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Itarema (Sindita) entendeu que o executivo municipal não atenderia às propostas em pauta. A ocupação ocorreria até ser recebida uma comissão pelas autoridades municipais, na busca de marcar nova rodada de negociação.


Os trabalhadores pleiteiam reajuste para as várias categorias, tendo em vista que reajustaram o mínimo. Eles também pleiteiam complemento para o reajuste do piso do magistério, pois a cidade aplicou apenas 8,32%, ignorando o segundo reajuste com o novo reajuste do valor aluno 2013.


Os servidores também planejaram realizar um dia de paralisação para o mês de junho, caso não se comece a resolver as pendências. Segundo o Sindicato, a categoria foi recebida pela guarda municipal, seguranças da Prefeitura e policiais militares.


A pressão surtiu efeito e uma comissão laboral, formada por trabalhadores e representantes do sindicado, foi recebida pelo Procurador Geral e pelo chefe de gabinete do município. O resultado da conversa é a realização de uma rodada de negociação para o dia 04 de junho, ficando o Município com a demanda de apresentar propostas, após a análise das demandas dos trabalhadores.


Segundo o Sindita, caso não ocorram avanços, não se descartando a possibilidade de deflagração de greve geral.


Apoio de sindicatos da região


Em apoio à luta da categoria e ao Sindicato de Itarema, compareceram os sindicatos dos servidores de Cruz, Acaraú e Amontada. Não só participando da assembleia, como da ocupação da prefeitura.


Fonte: Fetamce

DEIXE UM COMENTÁRIO