Marcha da Resistência dos Povos Indígenas no Ceará acontece amanhã (31/01) em Fortaleza

A Federação dos Povos e Organizações Indígenas do Ceará, em conjunto com outros agrupamentos dos movimentos sociais, realiza amanhã (31/01), com concentração às 8h, na Praça Luiza Távora, a Marcha da Resistência dos Povos Indígenas no Ceará. A passeata integra a Campanha da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (APIB) – Sangue Indígena: Nenhuma Gota a Mais, agenda que toma o país nesta quinta-feira.

Representantes de diversas comunidades tradicionais se reunirão em Fortaleza, em intervenção que inicia com um Ato Público de repúdio à Medida Provisória (MP) n.º 870/2019 e os decretos assinados pelo atual presidente para reorganizar a estrutura e as competências ministeriais que deixaram, de acordo com o movimento, graves lacunas nos instrumentos e políticas socioambientais.

A MP transfere para o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) a identificação, delimitação, reconhecimento e demarcação das Terras Indígenas (TIs), esvaziando a Fundação Nacional do Índio (Funai).

Em seguida a marcha, os povos indígenas e apoiadores seguirão para a Defensoria Pública da União (DPU) e para o Ministério Público Federal (MPF) para protocolar ações judiciais. A manifestação se encerrará com um almoço coletivo na Praça da Imprensa, em Fortaleza.

Saiba mais sobre a campanha da APIB: https://bit.ly/2T537qD

Acompanhe a programação:

DEIXE UM COMENTÁRIO