Greve dos servidores de Itapipoca: Sindsep é recebido pela presidenta da Câmara


Os servidores de Itapipoca, em greve desde o dia 17 de julho, fizeram na noite de ontem (24/07) visita a Câmara de Vereadores de Itapipoca, para apresentar ao plenário do legislativo as demandas dos servidores, que lutam para que a Prefeitura ceda e atenda as reivindicações salariais do grupo. Porém, não houve sessão, tendo em vista que os vereadores faltaram à reunião ordinária do legislativo local. Uma das poucas autoridades presente, a presidenta da Câmara, Ana Paula Braga, recebeu a diretoria do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (Sindsep) e prometeu conversar com o Prefeito, a fim de tentar solucionar o impasse. Os trabalhadores aguardam agora o resultado da audiência.


Em seu oitavo dia de greve, os servidores já realizaram diversas passeatas pela cidade. O movimento chegou ao seu ponto alto com a ocupação da sede das Secretarias de Educação e Saúde na última quarta-feira (23/07), tomada em resposta ao desagravo do dia anterior, quando a Prefeitura afirmou em reunião que não atenderia a pauta econômica dos trabalhadores, se limitando a oferecer apenas um mês de retroativo salarial, de um total de três, para os professores, e ainda parcelado em cinco vezes. Além disso, os servidores pleiteiam reajuste adicional de 4,9% para os professores; reajuste dos demais servidores que ganham próximo ao salário mínimo para R$ 750,00; universalização da gratificação dos profissionais da saúde; e recondução da gratificação de professores de escolas de tempo integral.


Os trabalhadores permanecem acampados nas secretarias, dia e noite, com atividades de rua, manifestações na praça da matriz e atrações culturais, com o objetivo de mobilizar toda a sociedade de Itapipoca. Carros de som também percorrem as ruas do município e panfletos, com a pauta do movimento também são distribuídos.


Ao longo dos últimos dias os servidores receberam apoio de comerciantes, movimentos sociais, de estudantes e professores da UECE e militantes do Sindicato de Trabalhadores Rurais de Itapipoca.


“A greve segue até que novas propostas apareçam e que permitam o avanço nas negociações”, esclarece Quitéria Freire, presidenta do Sindsep.


Fonte: Fetamce

DEIXE UM COMENTÁRIO