CUT Ceará e movimentos sociais planejam atividades em defesa do serviço público

A CUT Ceará, em conjunto com suas entidades filiadas, realizou na tarde da última terça-feira (11/2), Plenária Sindical e Popular para fortalecer as mobilizações em defesa dos direitos da classe trabalhadora e dar apoio às categorias em greve. A atividade reuniu cerca de 80 representantes de várias organizações sociais e estudantis na sede da Central, em Fortaleza.

No Ceará, além dos petroleiros, os servidores municipais de Beberibe estão com os braços cruzados. A situação é parecida em outros três municípios.  De acordo com levantamento da Fetamce, servidores de Baturité, Canindé e Maracanaú deflagraram movimentos e prometem paralisar as atividades se não houver diálogo com as prefeituras sobre reajuste salarial.

Trabalhadores da Dataprev e professores da Rede Municipal de Fortaleza encerraram estado de greve após avanços nas mesas de negociações. Já os servidores dos Correios decidem sobre greve da categoria em assembleia geral convocada para o dia 3 de março, às 18h30, segundo a coordenadora geral do Sindicato dos Trabalhadores em Correios, Telégrafos e Similares do Estado do Ceará (Sintect/CE), Lourdinha Félix. A atividade ocorrerá na sede da entidade, em Fortaleza.

Ato em apoio aos petroleiros

Em greve geral desde o dia 1º de fevereiro contra o anúncio de demissões na Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados do Paraná (Fafen-PR), os petroleiros cearenses se revezam todos os dias em frente à Lubnor (Lubrificantes e Derivados de Petróleo do Nordeste), no Bairro Mucuripe, em Fortaleza.

Encaminhamentos

Assim como em fevereiro, março também será um mês de muitas lutas. Por isso, o presidente da CUT Ceará, Wil Pereira, defendeu a unidade das Centrais Sindicais e dos movimentos sociais e estudantis em prol das agendas de luta em defesa do serviço público, da soberania nacional, dos direitos da classe trabalhadora e contra o sucateamento e as privatizações das estatais. “É preciso que todas as Centrais Sindicais, frentes populares, movimentos sociais e estudantis estejam unidas nas para fortalecer as atividades programadas para março”, disse o dirigente ao propor a convocação de uma plenária unificada do campo popular, estudantil e sindical, para o dia 5/3, às 14h, na sede da CUT.

O novo encontro servirá para construir ações conjuntas em 8 de março – Dia Internacional da Mulher e 18 de março – Dia Nacional de Luta em Defesa do Serviço Público, da Educação Pública, Estatais, Emprego e Salário, Soberania, Defesa da Amazônia e Agricultura Familiar.

Nota em defesa dos grevistas

A reunião também decidiu pela confecção de uma nota pública em defesa das categorias em greve para ser divulgada nas redes sociais e em jornais de grande circulação.

Agenda

20 de Fevereiro – Paralisação dos professores de Fortaleza

Local: Secretaria Municipal de Educação, às 8h

3 de Março – Assembleia Geral do Sintect/CE

Local: Sintect/CE às 18h30

5 de Março – Plenária Sindical, Estudantil e Popular Unificada

Local: CUT Ceará, às 14h

8 de Março – Ato do Dia Internacional da Mulher

Local e horário em construção

18 de Março – Dia Nacional de Luta em Defesa do Serviço Público, da Educação Pública, Estatais, Emprego e Salário, Soberania, Defesa da Amazônia e Agricultura Familiar

Obs.: Local e horário será definido na plenária do dia 5/3

DEIXE UM COMENTÁRIO