Sindsep promove ato político e cultural para comemorar seus 32 anos de luta!

Por Claudiane Lopes, do Sindsep Quixadá

Na última sexta-feira (16), o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Quixadá, Ibaretama, Banabuiú, Choró e Ibicuitinga realizou a comemoração dos 32 anos de luta da entidade. Um ato político e cultural proporcionou muita emoção aos convidados/as e seus filiados. A diretoria da entidade entendeu que mesmo nessa conjuntura de tantas perdas e retiradas de direitos, a data merecia um registro para categoria. A comemoração ocorreu numa sala virtual que teve a participação de 90 pessoas, com atrações culturais de artistas locais sendo transmitido pela página do Facebook do sindicato.

“É com grande alegria estamos juntos nessa noite, apesar da pandemia, onde o governo federal fechou os olhos diante das mortes de brasileiros, e nós, como classe trabalhadora, que estamos na linha de frente, salvando vindas, mostrando para sociedade que os serviços e servidores públicos fazem toda a diferença nessa batalha, sendo resistência diante dessa triste realidade. Nós nos solidarizamos com as famílias que perderam seus entes queridos e mesmo na comemoração dos 32 anos de luta da nossa entidade, precisamos ter fé e esperança por dias melhores, lutarmos por um país diferente, com mais igualdade social e com direitos para todes”, concluiu Neiva Esteves – Presidenta do Sindsep.

“Hoje a nossa luta de rua é agora virtual, mas não é menor, pois estamos aqui se lembrando as batalhas sindicais e as conquistas no decorrer dos anos. Nós nos solidarizamos com os familiares que perderam seus entes queridos, e mais do que nunca, diante desse governo genocida, é um momento de nos unirmos pela luta por mais políticas públicas, em defesa da valorização dos serviços e dos servidores públicos e em defesa da vida”, afirma Sebastiana Faustina – Secretária Geral da Fetamce.

“O momento de hoje é muito difícil, é um momento de resistência e de resiliência, pois comemorar três décadas de existência do sindicato que é uma referência nacional e internacional, que tem um histórico de lutas, de produção intelectual e de formação de lideranças sindicais tão importantes para nosso estado. Nesse tempo tenebroso, temos que comemorar à vida, diante desse governo fascista que não vai em busca da vacina para imunizar a maioria da população, que não consegue um auxílio emergencial digno que garanta a população mais vulnerável em suas casas. Vamos abraçar a campanha “Vacina para Todes” e juntos derrotar o governo da morte”, concluiu Vilani Oliveira – Presidente da Confetam.

“Nós da CUT estamos muito preocupados com a conjuntura do nosso país. A pandemia é um dos elementos da crise que estamos vivendo, mas também é uma crise política muito forte, pois temos um fascismo em implantação em nosso país. Temos um presidente da República que não cuida do seu povo, temos até hoje, com mais de 360 mil mortes pela covid, onde a tendência é piorar essa situação. Somado a isso, a população sofre com o desemprego, que já chega a 14 milhões de pessoas. Vamos nos unir para que possamos quebrar essa dinâmica desse governo, retira-lo do poder que isso ocorrerá com muita luta e resistência da Classe trabalhadora, vida longa ao Sindsep”, avaliou Graça Costa – Direção Nacional da CUT.

A comemoração também apresentou a XI Edição da Comenda Jacinto de Souza que homenageou três servidores públicos: Socorro Borges – Diretora de Assuntos Jurídicos de Sindsep; Neide Leôncio – Servidora aposentada de Choró e Kjeld Jakobsen – Ex – Dirigente Nacional da CUT (in memorian). Um dos momentos mais emocionantes foi a fala da viúva de Kjeld Jakobsen, Maria Leonor, que esteve presente com outros familiares na cerimônia e agradeceu a homenagem ao companheiro.

“Lutar pela justiça social foi o foco central da vida dele. Saber que ele foi fundamental na construção e no fortalecimento das lutas dos trabalhadores em Quixadá é gratificante, pois ele comprou o primeiro transporte da entidade, uma bicicleta. Kjeld sempre teve fé e esperança na classe trabalhadora, para ele o sindicato é um grande ator social para construir um futuro melhor para as próximas gerações” declara Leonor.

A comemoração foi agraciada com exibições de vídeos em homenagens aos indicados na comenda Jacinto de Souza e as vítimas da pandemia. A apresentação de toda cerimônia foi realizada por Alexandre Félix e Luísa Sousa – funcionários do Sindsep. À noite contou com o show de Gabi Queiroz e Walter Ramalho, cantores de Quixadá que animaram essa comemoração tão importante para movimento sindical cearense.
.
.
.
#Sindsep #Fetamce #Confetam
#cut #ForaBolsonaro #vacinaparatodes

DEIXE UM COMENTÁRIO