Sindicato de Beberibe debate o desafios para a valorização dos trabalhadores em educação


O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Beberibe, entidade à Fetamce, realiza Audiência Pública sobre Os Desafios para a Valorização dos Trabalhadores em Educação de Beberibe, que acontecerá no dia 31 de julho de 2014, às 14 horas, na Câmara Municipal de Vereadores de Beberibe/CE.


O sindicato pretende aprofundar os dilemas laborais enfrentados por estes trabalhadores no município, assim como discutir o papel que o Plano Nacional de Educação (PNE), sancionado pela presidenta Dilma, terá a partir de agora junto a carreira docente, tendo em vista que em todo o documento, uma figura aparece como elemento central para os objetivos educacionais da próxima década: o professor. A valorização do magistério aparece em pelo menos um quarto das 20 metas que compõem o próximo plano. Algumas não são novidade – são bandeiras que se repetem desde o PNE anterior e não viraram realidade. Transformar o discurso em prática será o desafio dos gestores da educação, seja nos municípios, estados ou nos gabinetes do Ministério da Educação (MEC).




As 4 metas sobre valorização docente


META 15 Garantir, em regime de colaboração entre a União, os estados, o Distrito Federal e os municípios, que todos os professores da Educação Básica possuam formação específica de nível superior, obtida em curso de licenciatura na área de conhecimento em que atuam.


META 16 Formar 50% dos professores da Educação Básica em nível de pós-graduação lato e stricto sensu; garantir a todos formação continuada em sua área de atuação.


META 17 Valorizar o magistério público da Educação Básica, a fim de aproximar o rendimento médio do profissional do magistério com mais de onze anos de escolaridade do rendimento médio dos demais profissionais com escolaridade equivalente.


META 18 Assegurar, no prazo de dois anos, a existência de planos de carreira para os profissionais do magistério em todos os sistemas de ensino.


 


Fonte: Fetamce

DEIXE UM COMENTÁRIO