Sete cidades do Ceará já reajustaram o salário dos professores em 13,01%


Em pelo menos sete cidades do Ceará o salário dos professores foi reajustado em 13,01% ou mais, conforme determina a Lei do Piso do Magistério. Em Beberibe, Varzea Alegre, Orós, Cruz e Choró os benefícios cresceram de forma linear e de acordo com a previsão nacional. Em Quixadá e Ibaretama o percentual foi ainda maior, ficando em 16% e 17%, respectivamente.


Os dados foram apresentados à Federação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal do Estado do Ceará (Fetamce) pelos sindicatos de servidores filiados, que negociam as demandas dos trabalhadores com as prefeituras cearenses, dentro das atividades da Campanha Salarial Unificada 2015.


Um terço extraclasse


Além do reajuste, os sindicatos estão comunicando também a regulamentação nas cidades de outro mecanismo da Lei do Magistério, que a reserva de um terço da jornada de trabalho dos professores para atividades extraclasse. A demanda passou a ser atendida em pelo menos três novas localidades: Orós, Crateús e Ipueiras.


“O resultado preliminar mostra que há sim capacidade de os municípios oferecerem pelo menos 13% de reajuste para os professores, haja vista o resultado inicial em cidades de médio e pequeno porte, pois crise só há no bolso do trabalhador e não no cofre de muitas prefeituras”, comentou Enedina Soares, presidenta da Fetamce.


Fonte: Fetamce

DEIXE UM COMENTÁRIO