Servidores aposentados com salários atrasados ocupam prefeitura de Quixeramobim


Cerca de 30 servidores aposentados do município de Quixeramobim, que ganham acima de um salário mínimo, ocuparam a prefeitura da cidade na última terça-feira (23/10), de 9 até 16 horas, para reivindicar o pagamento dos proventos referentes ao mês de setembro.


O pagamento deveria ter sido efetuado no dia 30 de setembro, porém, a administração municipal alega falta de recursos no município para assumir o compromisso, apresentando como previsão de pagamento o dia 30 de outubro. Os aposentados argumentam que o prazo é muito extenso e coincide com a data de recebimento dos salários do mês atual, que, no contexto dado, tende a ser adiado.


“Quando chegarmos ao dia 30 de outubro, passarão a ser dois meses acumulados. Isso prejudica totalmente a vida destas famílias, que dependem da renda para assumir seus compromissos. É um completo absurdo um atraso tão longo no pagamento dos aposentados que ganham qualquer valor acima do mínimo, ou seja, a maioria dos que estão na folha da previdência municipal”, argumenta Ediléia Melo, presidente do Sindicato dos Servidores de Quixeramobim, que integrou o ato junto com a direção da entidade laboral.


A direção do Quiprev (Fundo Municipal de Previdência) alega que faltam recursos e que os valores atuais superam a arrecadação do órgão. Já nesta sexta-feira (26/10), o Quiprev afirmou que tem dificuldade de cumprir com o prazo estipulado.


O Sindicato e o grupo que ocupou a sede do executivo local não conseguiu ser recebido pelo prefeito ou seus secretários. O descaso foi denunciado ao Ministério Público Federal. A entidade sindical também esteve na Câmara Municipal, na quarta-feira (24/10) fazendo uso da Tribuna Livre e cobrando interferência do legislativo, que prometeu protocolar pedido de análise nas contas municipais.


“A situação é de calamidade. Hoje, os aposentados estão até recorrendo a empréstimos para garantir o mínimo, que é o pão na mesa e a compra de remédios. Estamos completamente esquecidos pelas autoridades do Estado, que não atendem o nosso pedido de socorro”, finaliza Ediléia.

Outras informações:
Sindicato dos Servidores Municipais de Quixeramobim

Tel.: (88) 3441.0046

E-mail: sindseq@bol.com.br

Assessoria de Comunicação – FETAMCE

comunicacao@fetamcetmp.org.br


Fonte: Fetamce

DEIXE UM COMENTÁRIO