Professores municipais de Itaitinga conquistam 12% de reajuste salarial


Na última sexta-feira, 12 de fevereiro, o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Itaitinga (Sinsepi) foi recebido pelo prefeito da cidade, Abel Cercelino, me mesa de negociação da campanha salarial 2016.


O presidente do Sinsepi, Edinaldo Xavier, e a vice-presidente, Sabina Leila, apresentaram a pauta de reivindicações dos servidores, que inclui 12% de reajuste salarial para os professores e 11% de aumento para os demais funcionários públicos, entre eles o pessoal da Saúde e da área Técnico-Administrativa.


O gestor atendeu ao pleito dos professores, mas, argumentando queda nas transferências do FPM (Fundo de Participação dos Municípios) disse que não podia atender a proposta das demais categorias de imediato. Sendo assim, Cercelino solicitou ao seu Chefe de Gabinete, Sérgio Quinderé, que fizesse os estudos de impacto em folha para tentar chegar a pelo menos 8%, dependendo da análise obtida.


Outros pontos da pauta foram a mudança de nomenclatura (correção de referência) de alguns servidores, gratificações para as funções de secretário escolar e merendeira, gratificação por tempo de serviço e para professores do 2º, 5º e 9º anos, além da solicitação de vale-alimentação e transporte. Sobre esses itens, a prefeitura ficou de analisa-los para ver o que é possível atender.


Os servidores também discutiram com o Executivo a minuta de um projeto de lei que disciplina a aplicação dos recursos do Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ-AB) no incentivo aos profissionais que atuam nas UBSs. Após análise da proposta, Abel Cercelino afirmou que poderá enviar uma mensagem para votação na Câmara Municipal.


Fonte: Fetamce

DEIXE UM COMENTÁRIO