Professores do Crato conquistam ampliação definitiva de carga-horária

Na manhã de ontem (22), 50 professores do município do Crato conquistaram a ampliação definitiva de carga-horária. A demanda foi regulamentada por meio de legislação assinada pelo Prefeito Zé Ailton Brasil.

A incorporação da ampliação de jornada de trabalho, neste caso de 100 para 200 horas mensais, está prevista na Lei Municipal 3.511/2018 e é um demanda histórica do Sindicato dos servidores Públicos Municipais do Crato (SINDSMCRATO).

De acordo com Denise Pinheiro, presidente do Sindicato, a regulamentação das mudanças na jornada laboral dos educadores vieram para tranquilizar a categoria. “De início havia um anseio muito grande por parte de vários professores que vinham com a carga horária ampliada temporariamente. Eles eram concursados de 100h e tinham uma ampliação temporária de mais 100h. Contudo, as mesmas contribuíam para a previdência o percentual era acima das 200h. Todo ano esses professores tinham suas ampliações temporárias retiradas nos meses de julho e dezembro, gerando perdas na renda mensal dos mesmos”, explica.

De acordo com a dirigente sindical, quando o sindicato abraçou a causa desses professores e depois de muitas negociações, a gestão da cidade, através da sua procuradoria, fez a Lei que organizou a demanda. “Consideramos uma vitória para os professores e para o SINDSMCRATO”, finaliza Denise.

O benefício teve sua garantia confirmada em solenidade que contou com a presença do prefeito, secretários municipais, de outros dirigentes do Sindicato dos Servidores, do vice-presidente da Câmara Municipal, Vereador Fernando Brasil, e do diretor da Federação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal do Estado do Ceará (Fetamce) e da Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal (Confetam), Oldack Sucupira.

DEIXE UM COMENTÁRIO