“O Ceará tem um dos movimento sindicais mais organizados do Brasil”, diz presidente da CUT na II Jornada


O presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Vagner Freitas, veio à Fortaleza especialmente para o lançamento da Campanha Estadual de Combate ao Assédio Moral no Serviço Público Municipal, com o tema “Assédio Moral – Eu digo Não”, e da primeira edição da Revista F, ambos produtos da Federação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal do Estado do Ceará (FETAMCE). A atividade foi realizada na noite de ontem (22/11), durante a II Jornada do Trabalho Decente, que debate saúde do trabalhador.


O líder nacional cutista elogiou os trabalhos que a Federação vem realizando no estado do Ceará, com a grande força de mobilização que carrega a entidade, que agora dá início ao combate frontal do assédio moral no serviço público. “Vocês podem não ter consciência disso, mas, para nós, da CUT nacional, o Ceará tem um dos movimento sindicais mais organizados do Brasil, com uma grande e brava militância, que encaminha as pautas mais caras do movimento sindical”, ressaltou Vagner.


O presidente da CUT tratou ainda do papel do movimento sindical no cenário atual, especialmente no serviço público, enfrentando a onda conservadora que se mantém nas administrações municipais, mesmo quando eleitos representantes do que chamou de “campo progressivo da política”, que mantém as mesmas bases neoliberais nos governos locais. “Temos que ter em mente que quando um companheiro passa para o lado de lá ele tem que fazer um trabalho coerente com os trabalhadores. Quando ele não faz, temos que enfrentá-lo com a mesma energia que enfrentamos um representante de uma oligarquia, pois há uma coisa que diferencia a CUT, que diferencia a FETAMCE no movimento sindical, a nossa autonomia política e ideológica. Temos um lado, o lado dos trabalhadores desse país”, discursou.


 


Lançamento Campanha


Na oportunidade, a presidenta da FETAMCE, Enedina Soares, apresentou a Campanha “Assédio Moral – Eu digo não!”, que tem como objetivo conscientizar e combater  as modalidades de Assédio Moral presentes no Serviço Público municipal do estado do Ceará. O mote da campanha coloca o enfrentamento do Assédio Moral em primeira pessoa, ao lançar o slogan: “Eu digo Não” e usar como personagens servidores de várias carreiras que se organizam no funcionalismo público municipal cearense. “A nossa proposta é ampliar o conhecimento sobre o tema e combater a impunidade. A FETAMCE, presente em mais de 140 municípios, vai percorrer todo o Ceará com a mobilização e lutar pela erradicação do assédio moral no serviço público municipal”.


 


Revista F


Já a Revista F, primeiro produto neste formato desenvolvido pela Federação, foi apresentada pela Secretária de Comunicação da entidade, Eliane Silva, e o jornalista Rafael Mesquita, responsável pela Assessoria de Comunicação da FETAMCE.


Eliane falou do investimento em comunicação ampliado na entidade, que passa a figurar como um dos elementos centrais da estratégia de organização da entidade. “Construímos aqui uma mudança completa e estamos investindo diariamente na qualificação no debate com os meios de comunicação, que alcançam a sociedade, e trabalhando o desenvolvimento de nossa própria mídia, apontada para os interesses dos trabalhadore s dos municípios”, destacou. Rafael explicou como foi montada a Revista e linguagem trabalhada. “A nossa revista nasce com uma linguagem cotemporânea, trazendo conexão com as tendências e tecnologias modernas, dialogando com o nosso público, que não se restringe ao servidores e ao movimento sindical, mas é uma interlocução feita com toda a sociedade. O que nos diferencia da mídia tradicional é que nosso discurso é apontado para o interesse público, o deles é de mercado. Furtamos a estética deles, mas damos o nosso recado.”, explica o jornalista.


A Revista F terá uma circulação estadual e temática a cada semestre, com edição impressa e digital. Nesta primeira edição, o periódico pega carona na campanha e faz uma “raio X” do assédio moral.


Assessoria de Comunicação – FETAMCE


comunicacao@fetamcetmp.org.br


Fonte: Fetamce

DEIXE UM COMENTÁRIO