Mudança no Fundeb pode retirar quase R$16 bi do sistema público de educação

Em nota, a Campanha Nacional pelo Direito à Educação e a Fineduca (Associação Nacional de Pesquisa em Financiamento da Educação) classificaram a medida como um “retrocesso”

A medida referente ao Fundeb aprovada pela Câmara dos Deputados na última quinta-feira (10), que promete retirar 10% do fundo e transferi-lo a escolas da rede privada, levaria à uma perda de quase R$16 bi para a educação pública.

Em nota, a Campanha Nacional pelo Direito à Educação e a Fineduca (Associação Nacional de Pesquisa em Financiamento da Educação) classificaram a medida como um “retrocesso”, acrescentando que “caso o texto da Câmara seja aprovado no Senado, serão R$ 15,9 bilhões a menos [para a educação pública]. [Isto] representa 9,5% do total do fundo em 2019”.

Especialistas já alertam sobre os riscos que as medidas aprovadas pela Câmara geram. A principal preocupação é a de que o fundo, destinado ao combate das desigualdades na educação, acabe trabalhando para reforçá-la.

DEIXE UM COMENTÁRIO