Mais um prefeito é afastado em Alcântaras


Após ser derrotado na justiça, em decisão que garantiu o direito de liberação e reintegração dos salários dos dirigentes do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Alcantaras (SINDICAN), o prefeito de Alcântaras, Eliésio Fonteles, foi afastado do cargo, acusado de desvio de recursos do Município.


A decisão foi tomada pelos vereadores do município, em uma sessão bastante tumultuada, na noite da última sexta-feira (16/10), na Câmara Municipal de Alcântara. Com o afastamento, quem já assumiu a Prefeitura foi o vice-prefeito Joaquim Carvalho.


Eliésio Fonteles foi afastado pelos nove vereadores da Câmara Municipal devido as denúncias de moradores de improbidade administrativa, feita ainda em 2011. Ele é acusado de contratação de empresa fantasma para realização de eventos na cidade e respondia a denúncia no cargo. Os vereadores acataram as acusações e ao afastar o prefeito por 30 dias instalaram uma Comissão Processante na Casa para que apure as denúncias.


O prefeito Eliésio Fonteles e o vice Joaquim Carvalho assumiram a Prefeitura de Alcântaras, no dia 17 de junho passado, em eleição suplementar após a cassação dos eleitos em outubro de 2008 (prefeito Raimundo Gomes Sobrinho e vice-prefeito Joaquim Benício Filho), que perderam os mandatos por abuso do poder econômico.


Eliésio Fonteles disse que vai provar sua inocência e que voltará a Prefeitura o mais breve possível para cumprir seu mandato suplementar até 31 de dezembro de 2012.


Alcântaras, a 285 quilômetros de Fortaleza, tem uma população de 10.771, segundo censo 2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Com informações do Diário do Nordeste

Assessoria de Comunicação – FETAMCE

comunicacao@fetamcetmp.org.br


Fonte: Fetamce

DEIXE UM COMENTÁRIO