Mais de mil delegados participam da abertura do 30º Congresso Mundial da ISP

O salão principal do Geneva Events Center ficou lotado nesta segunda-feira (30/10) na abertura do 30º Congresso Mundial da Internacional Serviços Públicos (ISP), que em sua versão de 2017 trouxe o tema: “O povo acima do lucro”.

“Não há mais momento importante para a ISP do quando este Congresso se reúne e nos convida a continuar a organizar juntos o combate à ganância das multinacionais para construir uma sociedade mais igual”, disse Dave Prentis, presidente do entidade, ao mesmo tempo em que destacou a liderança da Secretária Geral, Rosa Pavanelli, a quem ele descreveu como “uma grande líder que nos ajudou a criar um verdadeiro movimento sindical que mudou a vida de muitas pessoas nos últimos cinco anos”.

Foto: Divulgação/ISP

Mais de mil delegados da África e dos países árabes, da Ásia-Pacífico, da Europa e da Inter-América testemunharam uma noite mágica, ouvindo espetáculo musical conduzido por jovens da escola de Genebra para jovens violinistas.

Discursos

Os convidados especiais do dia chegaram ao palco. Katharina Prelicz-Huber, presidente do Sindicato do Setor de Serviços Públicos e Sociais (SSP-VPOD), Suíça, destacou os 110 anos de vida da ISP e o trabalho e sua união para resistir aos acordos de livre comércio como o TISA (da sigla em inglês, significa Acordo de Comércio de Serviços e tem perfil ultraliberal, que ameaçam os serviços públicos). “Continuaremos a lutar contra a redução de impostos para os ricos e a privatização dos serviços públicos”, disse a dirigente.

Foto: Divulgação/ISP

Sharan Burrow, Secretária Geral da Confederação Internacional de Sindicatos (CSI), aplaudiu o trabalho da Internacional de Serviços Públicos e sua luta pela Justiça Fiscal. “Isso é algo que diz respeito a todo o movimento sindical mundial, não podemos permitir que a evasão fiscal continue. Precisamos de serviços públicos e acreditamos que a luta contra a privatização deve ser travada não só pelo ISP, mas por todos”, enfatizou a representada.

O líder da CSI fez ainda um apelo para construir um movimento global forte e comprometido para participar da campanha de justiça social. “Juntos, podemos conquistar nossas liberdades democráticas e garantir o tecido social que os serviços públicos precisam. Sem dúvida, devemos colocar o povo acima do lucro”.

Os últimos discursos foram apresentados por Rémy Pagan, prefeito de Genebra, cidade de Genebra, Suíça; e François Longchamp, presidente do Conselho de Estado, República e Cantão de Genebra, Suíça.

Fetamce

Foto: Fetamce

A presidenta da Federação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal do Estado do Ceará (Fetamce), Enedina Soares, e os também diretores Rafael Fernandes e Socorro Pires, participam da atividade. A entidade levou a campanha por justiça fiscal Vire o Jogo, desenvolvida no Ceará, e a Revista F sobre desigualdade tributária e social para o 30º Congresso Mundial. A Federação está compartilhando com os representantes de mais de 700 sindicatos de 154 países e territórios as suas experiências. “A Fetamce têm abraçado em sua luta estratégica as políticas desenhadas pela ISP. O nosso material, exposto em stand, chama atenção ainda por ser encarado como estratégia pioneira, mesmo entre as demais filiadas da Internacional”, disse Enedina Soares.

Tradução e Edição: Rafael Mesquita

Fonte: ISP

DEIXE UM COMENTÁRIO