CUT lança estudo sobre projetos que afetam trabalhadores


Central realiza coletiva de imprensa nesta quarta-feira (2) para divulgar documento


Combater os retrocessos de programas como a Agenda Brasil com uma pauta positiva. Esse é o objetivo da Agenda Legislativa 2015 que a CUT lançará na próxima quarta-feira (2), às 14h, no Salão Nobre da Câmara dos Deputados.


O estudo traz um apanhado dos projetos que tramitam no Congresso Nacional, afetam a classe trabalhadora e quais as medidas que a Central julga prioritárias.


Para o lançamento seguido de entrevista coletiva estarão presentes o presidente da CUT, Vagner Freitas, e a secretaria de Relações do Trabalho da Central, Maria das Graças Costa, além do senador Paulo Paim (PT-RS) e do líder do governo na Câmara dos Deputados, Sibá Machado (PT-AC)


“Nesse momento de crise, em que o Senado aproveita o cenário para lançar uma série de retrocessos e a Câmara para atacar nossos direitos, vamos mostrar quais são os projetos que julgamos necessários para fazer avançar o desenvolvimento com distribuição de renda e trabalho decente”, destaca Graça.


O documento estabelece como prioritários para a CUT projetos relacionados a seis temas: combate à rotatividade; política de valorização do salário mínimo; redução da jornada de trabalho sem redução de salário; terceirização; negociação coletiva e direito de greve no setor público e fator previdenciário.


Também constarão da agenda propostas sobre trabalho escravo; igualdade de gênero; saúde e segurança no trabalho; seguridade social; organização sindical; ampliação de direitos; relações de trabalho; acordo e convenção coletiva e sistema nacional de emprego.


LANÇAMENTO DA AGENDA LEGISLATIVA DA CUT DE 2015

Quinta-feira (2), às 14h

Salão Nobre da Câmara dos Deputados


 


Fonte: Fetamce

DEIXE UM COMENTÁRIO