Trabalhadores vão às ruas em Novas Russas para cobrar piso de agentes de saúde e endemias


A Federação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal do Estado do Ceará (Fetamce), em parceria com sindicatos de servidores da Região de Crateús, realizou, no último dia quatro, ato que pleiteou o atendimento pelos prefeitos locais do Piso Nacional dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias.


A atividade, realizada em Nova Russas, foi marcada pela cobrança não só do piso, mas também de condições dignas de trabalho, como as demandas de fardamento adequado, equipamentos de proteção individual e protetor solar.


Os manifestantes percorram as ruas do município, pautando as demandas em frente à Prefeitura e outros prédios da administração pública local.


Nas falas, a indignação dos servidores pela negativa de muitos gestores em atender o salário novo, fixado em R$ 1.014, que deveria ter sido aplicado em todo o país logo após a sua sanção, em junho deste ano.


Outros dispositivos da nova legislação de agentes de saúde e endemias seguem descobertos, como os Planos de Cargos e Carreiras e a equidade de remuneração entre as duas categorias abrigadas na lei.


Estiveram presentes trabalhadores de Nova Russas, Monsenhor Tabosa, Ipueiras, Tamboril, Crateús, Independencia, Novo Oriente e Ararendá, que integram a regional da Fetamce de Crateús. O movimento teve apoio ainda de servidores de outras localidades, entre elas Caucaia, Maranguape, Piquet Carneiro, Quixeramobim, Itaitinga e Quixadá.


Fonte: Fetamce

DEIXE UM COMENTÁRIO