Sinsepuma celebra conquistas reunindo a categoria no Forró do(a) Servidor(a)

Com homenagens, brindes e música ao vivo, evento simboliza a união histórica dos servidores de Aquiraz

Uma faixa de boas vindas vermelha saúda trabalhadores logo à entrada do Engenhoca Park, no município de Aquiraz. Calorosa, a noite do último sábado, 18 de novembro, foi para o Sindicato dos Servidores Públicos de Aquiraz – Sinsepuma um momento que celebrou a diversidade de lutas e conquistas nos últimos tempos, com destaque para a união da categoria. No Forró do(a) Servidor(a) não poderia ser diferente. De saúde à vigilância pública, o momento reuniu, mais uma vez, servidores de diversas áreas.

A união dos trabalhadores realizada pelo Sinsepuma no evento e ao longo da última gestão tem garantido importantes conquistas. A mais recente delas foi a vitória na Câmara Municipal no dia 14 de novembro, quando várias categorias de servidores de Aquiraz protestaram a favor da garantia do direito de ir e vir e contra a redução do vale transporte intermunicipal. Foi em nome desses profissionais que Ozaneide de Paulo, secretária de política de gênero do Sinsepuma, emocionou-se ao homenagear Rejane
​Abreu, vice-presidenta do sindicato. Segundo ela, esses profissionais, que aplaudiram o momento de comoção, deixam tudo em segundo plano para lutar por seus direitos.

“Não foi fácil montar um sindicato numa época em que nem se associar podia, que em 1998 a gente teve esse direito. Vocês [Rejane e outros] tiveram a coragem de montar um sindicato e serem perseguidos por uma gestão, a gestão que acabou com o sindicato, encerrou, e em nenhum momento a Rejane abriu mão desse sindicato, coisa que muitos fizeram. Então a gente só tem que agradecer aos servidores, porque não é fácil. Em nome desse povo que veio, nós te homenageamos, porque eles sabem que cada dia que passa é mais difícil.”

Fundado em 1992, o Sinsepuma permaneceu desativado até 1999, período em que os dirigentes da época de criação do sindicato foram perseguidos por gestões municipais passadas. Rejane
​Abreu estava entre o grupo de professores que rearticulou o sindicato e lutou por melhores salários, posteriormente reincorporando todas as demais categorias de servidores que fizeram parte da fundação do Sinsepuma, com destaque para os da saúde. Hoje, a associação sindical conta com a participação de filiados e filiadas de todos os cargos no município.

Parcerias
Na ocasião, Carmen Santiago, secretária geral da Central Única dos Trabalhadores (CUT) e vice-presidenta da Federação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal do Estado do Ceará (Fetamce), lembrou da “contribuição enorme” que o sindicato da região metropolitana tem dado à Central e Federação, desde as lutas até seu processo de organização.

“Esse sindicato não tem titubeado na defesa de vocês [servidores], na defesa dos direitos da classe trabalhadora de Aquiraz, do serviço público, e isso só demonstra a maturidade que tem para não arredar a toda a crise que está vivendo e também não abrir mão dos direitos, coisa que a gente tem percebido nessa gestão desde o início, nos enfrentamentos que esse sindicato tem feito.”

Em sua fala, a professora Vilani de Sousa, presidenta da Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal (Confetam), celebrou o diálogo que o Sinsepuma mantém com os servidores. “O sindicato só é sindicato se a base estiver participando. Não é a direção que faz a luta, a direção representa a gente nas instâncias, mas eu sempre caminho aqui e eu pude ver o conjunto dos trabalhadores e trabalhadoras atendendo ao chamamento do sindicato, desse sindicato que vem fazendo história.”

Além da CUT, Fetamce e Confetam, o evento contou com a presença do Sindicato Unificado dos Profissionais em Educação no Município de Maracanaú (Suprema), que recebeu apoio do Sinsepuma durante os 48 dias de greve dos professores de Maracanaú. Homenagens também foram feitas à Elisângela Paula, representando a presidência do sindicato, ao vereador Ricardson Santana e ao ex vereador Ronaldo Lima, que apoiaram o Sinsepuma tanto dentro da Câmara Municipal de Aquiraz quanto fora dela.

União que faz a força
O Sinsepuma coleciona conquistas como a garantia do vale transporte casa/trabalho, a ampliação do vale alimentação e da titulação para os professores, a garantia de mesa de negociação com representantes dos servidores, a garantia de risco de vida de 20% sobre o salário base para os vigias, do piso salarial dos agentes de endemias e agentes de saúde, a realização de processos judiciais contra perdas de direitos das categorias, dentre diversas outras vitórias. Esses êxitos resultam do compromisso que o sindicato tem com as gestões anteriores, sempre dando continuidade à luta para fortalecer cada vez mais a categoria.

Dentre as atuais lutas do Sinsepuma, estão a garantia do Plano de Cargo, Carreira e Remuneração (PCCR) para todas as categorias e a reformulação do PCCR dos profissionais do magistério, assim como a efetivação da avaliação não acadêmica de 2014, 2015 e 2016 desses profissionais; pela valorização do trabalho da mulher, garantindo seus direitos; por melhores condições de trabalho para todos e todas; pela reformulação do laudo de insalubridade, entre outros.

Para Elisângela de Paulo, muito ainda precisa ser conquistado, não havendo outro modo se seguir a não ser lutando pela garantia dos direitos de todos os servidores públicos municipais – e até mesmo fora de Aquiraz, com as parcerias provindas da união com demais sindicatos do Ceará. Com garra, coragem e disposição para lutar, o Sinsepuma mostrou o jeito cearense de luta pelos ideais, crendo que juntos, os servidores e servidoras são mais fortes.

DEIXE UM COMENTÁRIO