Servidores Públicos Municipais de Canindé entram em greve

Os servidores do município de Canindé entraram em greve nesta segunda-feira (06/08). De acordo com o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Canindé (Sindsec), a paralisação foi motivada pelo não atendimento da pauta de reivindicações da Campanha Salarial dos Servidores Públicos.


Ontem (07/07), os trabalhadores foram às ruas para chamar a atenção da sociedade para o impasse entre os servidores e a administração municipal. “Nós realizamos protesto em frente à prefeitura de Canindé e aguardamos que o executivo municipal envie ao Sindsec ofício em resposta as reivindicações apresentadas pelos trabalhadores”, explica a presidenta em exercício do Sindisec, Regina Lemos.


A greve foi deliberada no dia 30 de julho, em assembleia, e deve continuar até o dia 14 de agosto, quando será realizada audiência com a comissão de negociação da Prefeitura de Canindé, já agendada. Entretanto, os servidores argumentam que podem renovar o movimento de greve caso a audiência não produza efeito positivo.


Durante o dia de hoje (08/08) estão agendadas novas manifestações, que percorrerão o centro da cidade. Os 392 servidores públicos municipais de Canindé continuarão mobilizados.

Propostas dos trabalhadores

Os trabalhadores reivindicam a criação da comissão de negociação coletiva, o pagamento dos salários atrasados dos servidores da educação e do Instituto de Previdência do Município de Canindé (IPMC), do terço de férias referente ao período aquisitivo de 2011/2012 usufruídas no mês de julho de 2012 dos servidores da secretaria de educação, de 50% (cinquenta por cento) do décimo terceiro salário dos servidores, da remuneração de julho dos profissionais do magistério com desempenho e das parcelas dos empréstimos consignados, da integralização das 27 horas para todos os professores, do repasse das mensalidades sindicais e o repasse ao sindicato da contribuição sindical de 2012.

Com informações da CUT-CE

Assessoria de Comunicação – FETAMCE


Fonte: Fetamce

DEIXE UM COMENTÁRIO