Prefeitura e Câmara de Aiuaba suspendem contribuição patronal da previdência local

Os ataques aos regimes próprios de previdência continuam. As novas vítimas são os servidores de Aiuaba. Hoje pela manhã, 30 de junho, a Prefeitura da cidade e a base de apoio à gestão na Câmara aprovaram a toque de caixa projeto de lei que suspende o repasse da parcela patronal da contribuição previdência.

“Ele (o prefeito Ramilson Araújo Moraes) encaminhou o projeto, os vereadores da aposição tomaram conhecimento na hora da sessão. Foi colocado em votação e já foi aprovado de seis a três (sic)”, narra Iltemar Martins, presidente do Sindicato de Servidores.

Assim, o Fundo de Previdência Social Dos Servidores Municipais de Aiuaba (AIUABAPREV) é mais um dos órgãos de aposentadoria de municípios que podem ter dificuldades atuariais decorrentes desta ausência de repasses.

DEIXE UM COMENTÁRIO