Nota de repúdio às práticas antisindicais da prefeitura de Icó


A prefeitura da cidade de Icó comunicou, através de ofício enviado ao sindicato dos servidores e ao sindicato de professores da cidade, no último dia 29 de abril, o corte do desconto em folha da mensalidade sindical dos trabalhadores do serviço público local, que são sindicalizados nas entidades laborais.


Sem nenhuma explicação plausível, o documento informa somente que a Prefeitura se sente desobrigada de repassar os valores, mesmo que os filiados aos sindicatos tenham assinado termos que autorizam o desconto em folha. Sendo assim, a partir do dia 1º de abril, por pura intransigência da gestão autoritária de Icó, os servidores sindicalizados deverão buscar a forma de como pagar a contribuição corporativa.


As diretorias dos sindicatos de servidores e professores, assim como a da Federação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal do Estado do Ceará (Fetamce), repudiam o ato do executivo municipal.


A atitude do prefeito José Jaime Bezerra Rodrigues Junior viola os direitos sindicais e é entendida como uma vingança contra os ações e pressões provocadas pelas organizações na simples busca dos direitos dos funcionários públicos icoenses.


Os sindicatos e a Fetamce conclamam os trabalhadores do setor público da cidade a reivindicarem o retorno da contribuição e a mostrarem nas redes e nas ruas a indignação diante da tática da Prefeitura, que pretende descapitalizar os sindicatos, prejudicando o fortalecimento da luta e da própria organização trabalhista.


Além disso, o malfeito será denunciado ao Ministério Público e a instituições de defesa do direito sindical.


Assinam: Fetamce, SINDSEPMI e SINDPREMI


Fonte: Fetamce

DEIXE UM COMENTÁRIO