Municipais do Ceará seguem representados na diretoria da CUT Brasil

Na tarde desta quinta-feira, 10 de outubro, os delegados e delegadas de todo o país participantes do 13º Congresso Nacional da Central Única dos Trabalhadores (CUT) “Lula Livre” – Sindicatos Fortes, Direitos, Soberania e Democracia elegeram a nova direção da organização. Sérgio Nobre, metalúrgico do ABC Paulista, foi alçado ao cargo de presidente da maior central sindical da América Latina, em pleito definido por chapa única. Ao lado dele, quatro membros do ramo dos servidores municipais passam a ocupar cargos na diretoria executiva da CUT.

A cearense, servidora de Quixadá, Graça Costa segue na entidade, agora como Secretária de Organização Sindical. Também representam os funcionários de prefeituras, nesta que é a maior participação do agrupamento deste a fundação da Central, Junéia Batista (secretária de mulheres), Jandira Uehara (secretária de Direitos Humanos) e João Batista Gomes – Joãozinho (diretor executivo).

Os novos representantes da CUT Brasil conduzirão a entidade neste que deve ser o período mais desafiador para o sindicalismo. Os debates do 13º CONCUT tem colocado que, na atual conjuntura, os desafios são enfrentar um mundo do trabalho em rápida transformação, recuperar a democracia e buscar a retomada do crescimento econômico.

Nesse cenário já adverso, sindicatos perderam fonte de receita e se enfraqueceram. Além de se reorganizar para sobreviver, o movimento sindical tem o desafio de combater o contínuo desmonte das políticas e leis de proteção social.

DEIXE UM COMENTÁRIO