Lutas, conquistas e esperanças da Fetamce marcam a posse da nova diretoria


O salão do Clube dos Empregados da Petrobras ficou lotado. Mais de 400 convidados participaram da festa da posse da nova diretoria da Federação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal do Estado do Ceará (Fetamce), eleita por aclamação pelos servidores municipais delegados do VIII Congresso da Federação, realizado em junho. O evento, realizado na noite de ontem (12/8), foi embalado pela musicalidade essencialmente brasileira.


A festa contou com a apresentação da jornalista Maísa Vasconcelos, expondo, no cerimonial, um pouco da história da entidade representativa dos trabalhadores das prefeituras do Ceará: “A Fetamce, nestes quase 25 anos, dedicou-se diuturnamente a promover as utopias, semeando em cada recanto do Ceará um projeto que privilegia a organização sindical de base, constituída de comissões por local de trabalho, sindicatos municipais, sindicatos de base ampliada e regionais”, disse.


Na sequencia, Jacy Afonso, representando a Central Única dos Trabalhadores (CUT), foi o responsável por dar posse à nova diretoria. Nas suas palavras, a Fetamce marca não só o movimento sindical do Ceará, mas do Brasil, pelo sua atuação e penetração. “O movimento sindical do Ceará já é reconhecido nacionalmente por sua força, mas, no campo dos servidores municipais é a Fetamce a entidade mais forte deste país, com lutas e conquistas a perder de vista”.



Já empossada, Enedina Soares, presidenta reeleita, saudou os presentes e falou em nome da nova gestão da organização. Em seu discurso, a dirigente afirmou que este grupo dará continuidade a trajetória de combatividade e mobilização da Federação, tendo em vista apostar sempre na melhoria das condições de vida e trabalho desta categoria e da sociedade. “Nós, enquanto servidores municipais, queremos estimular e fazer o protagonismo dos servidores municipais, pois nós entendemos que quem lidera, quem faz a luta, são os servidores”, enfatizou.


Lutas, conquistas e esperanças


Enedina destacou ainda algumas das batalhas principais dos funcionários públicos das cidades, de forma a garantir o que já se conquistou e a avançar no que ainda está no campo das esperanças. A presidente citou o direito à organização dos trabalhadores, que ainda é ameaçado; os Planos de Cargos e Carreiras, que precisa ser universalizado; a necessidade de efetivação das Leis do Piso Nacional do Magistério e dos Agentes de Saúde e Endemias; a manutenção dos direitos previdenciários; a garantia da negociação coletiva; a instituição da jornada de 30 horas semanais para os trabalhadores da saúde; entre outros.



“Nós queremos organizar os trabalhadores a ponto de transformar essa sociedade que ai está. As lutas, as vitórias até aqui e as nossas expectativas estão depositadas neste grupo. Avante companheiros, a ação nos chama!”, finalizou a representante máxima da Fetamce.


Animação


Foram mais de cinco horas de festa, com um público empolgado e dançante, marcando a posse da diretoria com muitas manifestações de alegria, totalmente inspiradas nos sambas, boleros, cantigas entre outros ritmos puxados pelas bandas Hype e Sambatuque, que trouxeram para a festança todas as principais referencias da musica genuinamente brasileira, com destaque para o samba e o forró.


Fonte: Fetamce

DEIXE UM COMENTÁRIO