IX Jornada debate as transformações no mundo do trabalho e as respostas sindicais

Nos dias 16 e 17 de dezembro, a Federação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal do Estado do Ceará (Fetamce) realiza a IX Jornada dos Servidores Municipais do Ceará, que faz o debate das “As transformações no mundo do trabalho e o futuro das organizações sindicais”. O evento acontece na sede da ADUFC Sindicato – Av. da Universidade, 2346 – Benfica, Fortaleza – CE.

O objetivo do encontro é, diante dos retrocessos no campos dos direitos previdenciários e trabalhistas e do avanço das novas tecnologias, propor respostas sindicais às novas formas de organização do capital.

Enedina Soares, presidente da Fetamce, destaca a importância dos sindicatos fazerem um esforço, nesta reta final do ano, e enviarem representantes para a atividade.  Conforme a dirigente, é preciso fortalecer a organização frente os ataques que os trabalhadores estão sofrendo em todo o mundo e especialmente no Brasil, neste momento com o golpe contra a democracia, as reformas trabalhista e da previdência e as Medidas Provisórias danosas do presidente.

Na jornada, será colocada em debate a necessidade se avançar na discussão da revolução científica e tecnológica e os impactos no mundo do trabalho; nas estratégias de reorganização do movimento sindical diante da digitalização, da robotização e da revolução da indústria 4.0; de aprofundar o debate da organização dos trabalhadores terceirizados, comissionados, informais e precários, que hoje são caracterizados por relações contratuais individualizadas, pela ausência de referências como local de trabalho e jornada fixos, direitos reduzidos e dificuldades para se organizar e negociar coletivamente.

“Na terceira revolução social, ainda havia um Estado de Bem Estar Social e o tripartismo funcionava. O Estado tinha mais força política e o governo devolvia o dinheiro do cidadão em serviços de qualidade. Na quarta revolução, o tripartimos e o Estado de Bem Estar Social desmoronaram. A legislação trabalhista protetora foi desmontada na maioria dos países. Junto com a digitalização, vieram a redução dos postos de trabalho e a retirada dos direitos. Esse é o tamanho do nosso desafio”, destaca Enedina Soares.

Outro ponto importante que será levantado é a necessidade de construir um novo projeto de sociedade a partir dos interesses da classe trabalhadora diante do acirramento da luta de classes. Neste cenário, é urgente fazer a disputa política por um Estado forte que garanta proteção social, que seja indutor do crescimento e faça uma distribuição justa da riqueza. Os sindicalistas de hoje cientes desta tarefa?

Atenção! Participam dois representantes por sindicato. As inscrições seguem até o dia 13 de dezembro, nos canais: (85) 32261788 ou fetamce@fetamce.org.br

Programação:

> 16/12:

8h – A conjuntura política e econômica e seus impactos para os servidores e a sociedade.

12h às 13h – Almoço

13h30 – Os desafios da organização sindical.

  • Oficina de Organização
  • Oficina de Formação
  • Oficina de Sindicalização
  • Oficina de Trabalho de Base
  • Oficina de Comunicação

19h – Lançamento da Campanha Salarial 2020: “A esperança tá na rua!”

20h – Confraternização de fim de ano

> 17/12:

8h às 11h – Apresentação das oficinas e análise das apresentações

11h30 às 12h30 – Almoço

13h às 15h – Servidores Municipais: Os desafios da estrutura organizativa sindical

DEIXE UM COMENTÁRIO