#EleNão: 39 municípios do CE têm atos de mulheres contra Bolsonaro

FORTALEZA, CE, BRASIL, 29-08-2018: Milhares de pessoas protestam contra o candidato Jair Bolsonaro e gritam ele não nas ruas de Fortaleza. (Foto: Mateus Dantas / O POVO)

Grupos organizados de mulheres foram às ruas contra a candidatura de Jair Bolsonaro (PSL) no último sábado (29/09). No Ceará, as manifestações da campanha ‘Mulheres contra Bolsonaro” ocorreram em, pelo menos, 39 cidades. A lista inclui: Amontada, Aracati, Baturité, Campos Sales, Canindé, Cedro, Crateús, Fortaleza, Ibiapina, Icó, Iguatu, Ipueiras, Iracema, Itapipoca, Jaguaretama, Jaguaribara, Jaguaribe, Jardim, Juazeiro do Norte (unificado com Barbalha e Crato), Limoeiro do Norte, Mauriti, Meruoca, Milhã, Mulungu, Nova Russas, Paracuru, Paramoti, Pentecoste, Piquet Carneiro, Potiretama, Quixadá, Quixeramobim, Santa Quitéria, Senador Pompeu, Sobral Solonópole, São Benedito, Tamboril e Tauá.

Na mobilização da Capital do estado, uma imagem entrou para a história de luta e resistência dos cearenses. 100 mil pessoas ocuparam a Praia de Iracema, neste que foi um dos maiores atos públicos realizados no país. Totalmente organizado por meio de redes sociais, o evento levou mulheres contrárias ao posicionamento do candidato, tendo como palavras de ordem as hashtags #EleNão #EleNunca estampadas em blusas, cartazes, bandeiras e faixas.

Numa clara reação popular, as atividades tiveram caráter suprapartidárias e rejeitaram o “avanço do autoritarismo político no Brasil”, tendo como linha principal a defesa da democracia e dos direitos sociais e humanos. Conforme o Coletivo Mídia Ninja, que recebeu imagens e informações dos atos em tempo real, sem incluir os dados completos do Ceará, as mobilizações contra Bolsonaro teriam movimento 300 cidades no Brasil e no mundo.

#EleNão em 300 cidades

HISTÓRICO! A lista de cidades no Brasil e no mundo que realizaram o #EleNão não para de crescer! Já são mais de 300! As mulheres vão barrar o retrocesso e fazer a diferença nessas eleições. #EleNuncaVídeo: Mídia NINJA

Publicado por Fetamce em Segunda, 1 de outubro de 2018

Veja como foram os atos em alguns municípios do Ceará:

ICÓ – Centenas de mulheres, LGBTIs e jovens promoveram manifestação contra Bolsonaro nas ruas do Centro de Icó. O juiz eleitoral local e um grupo pró-fascista tentaram barrar o movimento, mas a resistência popular garantiu a realização da atividade.

IGUATU – Milhares de moradores de Iguatu realizaram ato contra Bolsonaro. A manifestação com o título ‘Ele não’ reuniu, na maioria, jovens e mulheres.

#EleNão em Iguatu

IGUATU – Milhares de moradores de Iguatu realizaram no sábado, 29 de setembro, ato contra o candidato a presidente do Brasil, Jair Bolsonaro. A manifestação com o título ‘Ele não’ fez parte de uma mobilização nacional contra o presidenciável. A maioria era jovens e mulheres.#EleNão #EleNunca #EleJamais

Publicado por Fetamce em Segunda, 1 de outubro de 2018

PIQUET CARNEIRO – As mulheres da pequena Piquet Carneiro também mostraram que não vão aceitar que um candidato misógino chegue ao poder.

#EleNão em Piquet Carneiro

PIQUET CARNEIRO – As mulheres da pequena Piquet Carneiro também mostraram que não vão aceitar que um candidato misógino chegue ao poder. Em todo o Ceará, se ouviu o grito de #EleNão #EleNunca

Publicado por Fetamce em Segunda, 1 de outubro de 2018

ITAPIPOCA – O protesto contra o candidato à Presidência Jair Bolsonaro ocupou as principais ruas da cidade de Itapipoca. Majoritariamente composto por mulheres, a manifestação mobilizou a localidade contra o fascismo e em defesa dos direitos sociais e humanos.

#EleNão em Itapipoca

ITAPIPOCA – O protesto contra o candidato à Presidência Jair Bolsonaro ocupou as principais ruas da cidade de Itapipoca. Majoritariamente composto por mulheres, a manifestação mobilizou a localidade contra o fascismo e em defesa dos direitos sociais e humanos. #EleNão #EleNunca

Publicado por Fetamce em Segunda, 1 de outubro de 2018

POTIRETAMA – O grito contra o fascismo e em favor das mulheres também ecoou em grande manifestação na cidade de Potiretama.

CARIRI – As principais cidades do Cariri Cearense (Crato, Juazeiro do Norte e Barbalha) se uniram no ato #EleNão #EleNunca da Regional. Uma multidão ocupou as ruas e avenidas, mostrando que candidato anti-mulheres, anti-LGBTI+ e anti-direitos não pode chegar ao Planalto.

SENADOR POMPEU – O recado veio na voz de uma jovem em Senador Pompeu, que defendeu a democracia e a dignidade humana.

#EleNão em Senador Pompeu

SENADOR POMPEU – O recado veio na voz da jovem Helenice em Senador Pompeu, que defendeu a democracia e a dignidade humana. Em Senador Pompeu, um grande ato popular mostrou que a sociedade não aceitará a ameaça política que significa a candidato do #EleNão #EleNunca

Publicado por Fetamce em Segunda, 1 de outubro de 2018

CRATEÚS – Centenas de mulheres também foram às ruas em Crateús para lutar contra a opressão. O sonoro ato #EleNão #EleNunca mostrou pra sociedade do município que o voto pode transformar e destruir vidas.

LIMOEIRO DO NORTE – A população da aguerrida e resistente Limoeiro do Norte foi mais uma das cidades do Ceará que pararam para o ato #EleNão. Oportunidade em que as mulheres da localidade disseram que resistirão ao candidato machista.

#EleNão em Limoeiro do Norte

LIMOEIRO DO NORTE – A população da aguerrida e resistente Limoeiro do Norte foi mais uma das cidades do Ceará que pararam para o ato #EleNão. Oportunidade em que as mulheres da localidade disseram que resistirão ao candidato machista. #EleNunca

Publicado por Fetamce em Segunda, 1 de outubro de 2018

CANINDÉ – A força das mulheres, que vão decidir a eleição, se mostrou em Canindé! O povo precisa saber que “não somos uma fraquejada! O Ceará não se curva”.

#EleNão em Canindé

CANINDÉ – A força das mulheres, que vão decidir a eleição, se mostrou em Canindé! O povo precisa saber que “não somos uma fraquejada! O Ceará não se curva!” #EleNão #EleNunca

Publicado por Fetamce em Segunda, 1 de outubro de 2018

QUIXERAMOBIM – O #EleNão no sertão central cearense contou com ato em Quixeramobim. A atividade reuniu mulheres do campo e da cidade. A defesa é de um Estado mais justo, onde o povo entre no orçamento. Onde os direitos das mulheres e todos os oprimidos da nação tenham vez.

#EleNão em Quixeramobim

QUIXERAMOBIM – O #EleNão no sertão central cerense contou com ato em Quixeramobim. Realizada no sábado, 29 de setembro, a atividade reuniu mulheres do campo e da cidade. A defesa é de um Estado mais justo, onde o povo entre no orçamento. Onde os direitos das mulheres e todos os oprimidos da nação tenham vez! #EleNunca

Publicado por Fetamce em Segunda, 1 de outubro de 2018

IBIAPINA – A força das mulheres também se mostrou em Ibiapina. As mulheres do município se unem às manifestações contra Jair Bolsonaro que também ocorreram em outras cidades do nosso estado, do Brasil e no exterior.

#EleNão em Ibiapina

IBIAPINA – A força das mulheres também se mostrou em Ibiapina. As mulheres do município se unem às manifestações contra Jair Bolsonaro que também ocorreram em outras cidades do nosso estado, do Brasil e no exterior. #EleNão #EleNunca

Publicado por Fetamce em Segunda, 1 de outubro de 2018

CEDRO – O ato contra o candidato anti-mulheres no Cedro aconteceu na Praça Nilo Alves Diniz e percorreu diversas ruas da cidade.

MILHÃ – Em Milhã, mais de mil pessoas participaram de caminhada pelo Centro da cidade em manifestação contra Jair Bolsonaro. Sem a participação de políticos, o ato trazia frases que diziam não ao racismo, à homofobia, à xenofobia e ao fascismo.

SOBRAL – O ato #EleNão em Sobral, no Ceará, teve a força de um povo que não vai ceder às ameaças de Bolsonaro e sua turma. Mais do que isso, a atividade buscou conscientizar a população para resistir aos delírios do candidato fascista. Foto de Dan Seixas.

SOLONÓPOLE – A manifestação no dia 29 de setembro na cidade de Solonópole também marcou esse dia de luta.

MERUOCA – A força das mulheres movimento a cidade de Meruoca em mais um ato #EleNão #EleNunca. As cearenses mostram que não tem pra machista e nem homofóbico no poder.

QUIXADÁ – O #EleNão marcou também a luta das mulheres a favor da democracia de Quixadá, que resistem ao fascismo, à misogenia e ao antifeminismo.

JAGUARIBARA – Em Jaguaribara, centenas de mulheres promoveram manifestação contra Bolsonaro por ruas largas do Centro.

JARDIM – A mobilização em Jardim (CE) ocorreu no domingo, dia 30 de setembro, e foi em formato de carreata e caminhada. Mulheres, jovens, LGBTI+ protagonizaram a mobilização.

#EleNão em Jardim

JARDIM – A mobilização em Jardim (CE) ocorreu no domingo, dia 30 de setembro, e foi em formato de carreata e caminhada. Mulheres, jovens, LGBTI+ e outros mostraram que #EleNão chega ao Governo Federal. #EleNunca vai ser presidente, se depender do povo!

Publicado por Fetamce em Segunda, 1 de outubro de 2018

 

Por que elas dizem #EleNão?

O capitão reformado do Exército Jair Bolsonaro já declarou que defende a ditadura e fez elogios ao coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra, que comandava a tortura no DOI-CODI, na época da ditadura militar de 1964. Além disso, já afirmou que “não contrataria mulheres com o mesmo salário que homens” e que “preferiria ver um dos filhos homens morto do que namorando outro homem”.

Candidato a vice-presidente na chapa de Jair Bolsonaro,o general Hamilton Mourão (PRTB) tem acirrado a polêmica. Em entrevista recente, afirmou que famílias chefiadas só por mães e avós são “fábricas de desajustados”. A declaração gerou uma onda de críticas e ampliou a rejeição à do PSL.

Em Maracanaú, o ato #EleNunca acontece somente no dia cinco de outubro, com concentração na Praça da Estação (Centro), às 17h.

DEIXE UM COMENTÁRIO