CUT e entidades filiadas promovem Seminário ?Saúde Mental e Trabalho?

A CUT-CE, em parceria com FETAMCE e demais entidades, promove nos dias 25 e 26 de novembro o evento, que discutirá os impactos da reestruturação produtiva na saúde mental do trabalhador. As inscrições são gratuitas e as vagas limitadas.


Os transtornos mentais estão entre as morbidades mais freqüentes nos pedidos de auxílio-doença à Previdência Social. No entanto, muitas vezes, não são considerados como doenças relacionadas ao trabalho. Para discutir essas e outras questões, a CUT-CE e entidades filiadas promovem o seminário “Saúde Mental e Trabalho” nos dias 25 e 26 de novembro, no auditório do SEBRAE (av. Monsenhor Tabosa, nº777, Praia de Iracema).


“O trabalho contemporâneo, precarização e saúde mental” é o tema do painel de abertura, que conta com a presença da professora do Departamento de Pós-Graduação em Psicologia Social e do Trabalho da Universidade de São Paulo (USP), Leny Sato; e da Doutora em Ciências Sociais, Petilda Serva Vazquez, pesquisadora do Núcleo de Estudos Interdisciplinares Sobre a Mulher da Universidade Federal da Bahia.


Durante o Seminário, a médica do trabalho Lailah Vilela, auditora fiscal da Superintendência Regional do Trabalho de Minas Gerais, ministra a palestra “Saúde mental e operadores de teleatendimento”. Ainda no dia 25/11, a médica e professora do Departamento de Saúde Comunitária da Universidade Federal do Ceará (UFC), Raquel Rigotto, aborda o tema “Saúde Mental e Trabalhadores da Indústria de Calçados”.


O evento é voltado a pesquisadores e estudiosos no campo da saúde mental, além de profissionais de recursos humanos, segurança e saúde no trabalho, dirigentes sindicais, membros das comissões internas de prevenção de acidentes e interessados no tema. As inscrições prosseguem até o dia 20 de novembro e podem ser feitas pelo telefone 3433.7377, das 8h às 14h. As vagas são limitadas.


O Seminário Saúde Mental e Trabalho é uma realização da CUT-CE e entidades filiadas, em parceria com a Fundacentro Pernambuco, Superintendência Regional do Trabalho e Emprego do Ceará, Centro Estadual de Referência em Saúde do Trabalhador e Laboratório de Estudos sobre o Trabalho da Universidade de Fortaleza.


Seminário Saúde Mental e Trabalho

Dias 25 e 26/11


Hora: 8h às 18h


Local: Auditório do SEBRAE (Av. Monsenhor Tabosa, nº 777, Praia de Iracema)


Informações e inscrições:


Central Única dos Trabalhadores (CUT-CE)


Rua Solón Pinheiro, 915, Bairro José Bonifácio


Telefone (85) 3253-4246


E-mail mfsnet@uol.com.br


(*) A inscrição será confirmada mediante a doação de 1 kg de alimento não perecível a ser entregue durante o credenciamento no dia 25 de novembro. Os donativos arrecadados serão entregues a entidades filantrópicas.


PROGRAMAÇÃO

Dia 25 de novembro (5ª feira)


8h – Acolhimento e credenciamento dos participantes


8h30min – Sessão de abertura


9h – Painel O trabalho contemporâneo, precarização e saúde mental


Leny Sato, psicóloga, professora do Departamento de Pós-Graduação em Psicologia Social e do Trabalho, Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo (USP)


Petilda Serva Vazquez, Doutora em Ciências Sociais, Pesquisadora do Núcleo de Estudos Interdisciplinares Sobre a Mulher – Universidade Federal da Bahia (UFBA)


14h – Palestra Saúde mental e operadores de teleatendimento


Lailah Vilela, médica do Trabalho, auditora fiscal do Trabalho da Superintendência Regional do Trabalho em Minas Gerais


14h40min – Palestra Saúde mental e bancários


Regina Heloísa Maciel, Doutora em Psicologia, Ergonomista, coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade de Fortaleza


15h40min – Palestra Saúde mental e trabalhadores da indústria de calçados


Raquel Maria Rigotto, médica do Trabalho, Doutora em Sociologia, professora do Departamento de Saúde Comunitária da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Ceará (UFC)


16h20min – Debate com a plenária


17h30min – Encerramento das atividades do dia

26 de novembro (6ª feira)


8h30min – Palestra Saúde mental e trabalhadores da saúde


João Bosco Feitosa dos Santos, economista, sociólogo das Universidades Federal e Estadual do Ceará


9h10min – Painel Políticas públicas de atenção à saúde mental do trabalhador


Carlos Leonardo Holanda Silva, procurador Regional do Trabalho da 7ª Região (Ceará)


Dorelland Ponte Lima, engenheiro de Segurança do Trabalho, auditor fiscal do Trabalho da Superintendência Regional do Trabalho no Ceará


Roberto Luque, Secretário de Saúde do Trabalhador da CUT-CE


14h – Palestra Saúde mental e servidores públicos


José Marçal Jackson Filho, Mestre e Doutor em Ergonomia, pesquisador da FUNDACENTRO (Rio de Janeiro)


15h20min – Painel Saúde mental e professores (com exibição do filme “Carregadoras de sonhos”)


Mediadora: Leda Leal Ferreira, Doutora em Ergonomia, pesquisadora da FUNDACENTRO (São Paulo)


17h30min – Leitura da “CARTA DE FORTALEZA”: compromisso das esferas governamentais no tocante à saúde mental do trabalhador


18h – Sessão de encerramento


Fonte: Fetamce

DEIXE UM COMENTÁRIO