Censura à Semana de Direitos Humanos é denunciada à Comissão Nacional da OAB

A censura à I Semana de Direitos Humanos Dandara dos Santos, do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE), que tinha entre os realizadores a Federação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal do Estado do Ceará (Fetamce), foi tema de denúncia apresentada à Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

A queixa foi recebida formalmente em reunião na última quarta-feira, 27/11, na sede da OAB-CE, em Fortaleza, pelo presidente da Comissão Nacional de Direitos Humanos da OAB Nacional, Hélio Leitão.

Em 20 de agosto deste ano, a Reitoria do IFCE anunciou censura e o cancelamento de toda a programação da I Semana de Direitos Humanos Dandara dos Santos, do próprio Instituto, marcada para começar seguir até o dia 23 daquele mês, com palestras e debates de diversos pesquisadores e personalidades de referência quanto ao tema.

A censura à Semana, uma mácula lastimável na história do IFCE, teria sido feita por ordens de Brasília, segundo informações apuradas por parceiros e apoiadores do evento. O caso ganhou destaque nacional, reforçando o debate, em todo o Brasil, sobre autoritarismo, censura e tentativa de cerceamento à liberdade de expressão, ação e produção de conhecimento da comunidade acadêmica, com destaque para as universidades públicas e os institutos federais.

À época, os servidores do IFCE e demais integrantes da equipe organizadora da Semana receberam formalmente solidariedade da OAB-CE, que colocou seu auditório à disposição, para a realização do evento. Centenas de entidades também se manifestaram em solidariedade aos organizadores da Semana e repúdio à postura da Reitoria e do Governo Federal.

A Fetamce foi representada no encontro por Rosilene Cruz, assessora técnica da entidade. Também estavam na comitiva diretores do Sindicato dos Servidores do IFCE (SINDSIFCE), outro realizador do evento.

DEIXE UM COMENTÁRIO