Leis em benefício dos servidores municipais do Crato são sancionadas

Os servidores do Crato conquistaram nesta sexta-feira, 11 de outubro, a sanção de um conjunto de leis em benefício da classe. O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais do Crato (SindmCrato) convocou a categoria a para a solenidade de assinatura dos novos dispositivos pelo prefeito José Ailton Brasil.

Entre as demandas alcançadas, está a Lei que que estabelece em 30 horas semanais a jornada de trabalho dos servidores municipais efetivos ingressos no concurso do ano de 2002. Reivindicação antiga, haja vista que embora tenham prestado o concurso para 30 horas, os trabalhadores foram submetidos a jornadas de 40 horas. A exceção permaneceu para algumas categorias que haviam negociado a parte outros benefícios.

A presidente do sindicato, Denise Pinheiro, destacou que nos últimos dois anos foram 75 reivindicações que beneficiaram os servidores implantadas a partir da mesa de negociação entre Executivo e representação laboral. “Mesmo numa conjuntura de retirada de direitos, o Sindicato do Crato consegue alcançar melhorias e novos direitos para os trabalhadores da cidade”, destacou.

Outras leis sancionadas foram a que institui o novo piso salarial para os agentes de combate às endemias – ACE; a que altera a denominação do cargo de provimento efetivo de agente administrativo, modificando a nomenclatura para analista de gestão, estabelecendo atribuições, investidura, carreira e remuneração; e a nova legislação que dispõe sobre a regularização das matrículas dos profissionais do magistério que detinham dois vínculos de professor acumuláveis junto à Secretaria Municipal de Educação do Crato.

Acompanhe mais comentários da presidenta do SindmCrato no vídeo:

A festa e a emoção dos trabalhadores após as conquistas:

DEIXE UM COMENTÁRIO