Servidores de Iguatu deflagram greve geral


Com presença significativa no auditório da Câmara de Dirigentes Lojistas de Iguatu e nas dependências da instituição nessa manhã da última sexta-feira (29), os servidores municipais decidiram com esmagadora maioria pela deflagração da greve geral no serviço público.


A pauta de greve é extensa, e tem como foco de discussões a elaboração de um novo Plano de Cargos e Carreiras e Remuneração que há meses vem sendo discutido com as categorias e que não tem resultado satisfatório, e ainda alguns prejuízos pontuais que não foram contemplados nos encontros com a administração.


A data prevista para a paralização é dia 10 de junho de 2015, anteriormente a isso as assessorias jurídicas dos sindicatos deverão notificar o Poder Excetivo Municipal e Ministério Público informando a decisão da greve.


Após a assembleia de hoje foi formada uma comissão com dirigentes sindicais e alguns servidores que irá dialogar e organizar os funcionários que não foram ao evento e/ou não concordam com a decisão.


O ato foi coordenado pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Iguatu (SPUMI). Na ocasião estiveram presentes representantes da Federação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal no Estado do Ceará (Fetamce), SINDODONTO, SINPROFI, SINDGUARDAS, SINDSAUDE e ainda alguns estudantes que apoiavam o movimento.


Segundo informações dos organizadores, a partir da paralização serão garantidos 30% legais de serviços básicos à população.


Fonte: Fetamce

DEIXE UM COMENTÁRIO